Celular não carrega: saiba por que e o que fazer para resolver


Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista

O celular não carrega ou demora muito para concluir a recarga? Um cabo danificado, sujeira na entrada do aparelho ou mesmo o sistema desatualizado podem ser os motivos para o problema. Confira por que isso acontece e o que fazer para resolver a situação.

1. Reinicie o aparelho

mão com blusa de manga comprida preta mexe no celular em um fundo escuro

Parece um pouco óbvio, mas ao reiniciar o smartphone é possível descartar qualquer problema temporário que possa estar acontecendo. A ação encerra todos os processos que rodam em segundo plano, atualiza componentes, além de limpar o cache.

  • Android: em geral, basta apertar o botão liga/desliga do celular por entre 5 e 7 segundos. Ou então, pressione-o uma vez e toque sobre a opção reiniciar que surgirá na tela.

No iPhone: o processo varia de acordo com o modelo:

  • iPhone X ou 11: pressione os botões de volume e lateral.
  • iPhone 8, 7 ou 6: mantenha apenas o botão lateral pressionado.
  • iPhone SE, 5 ou anterior: aperte os botões de volume e superior.

Se o dispositivo voltar a carregar normalmente, sugerimos que confira apps instalados recentemente. É possível que algum deles esteja rodando em segundo plano sem que saiba. Além disso, é provável que esteja consumindo a bateria mais rápido do que o aparelho consegue fazer a recarga.

2. Confira cabo, carregador e adaptador

celular em cima de mesa de madeira com cabo e adaptador de tomada

Problemas no carregador, cabo ou adaptador podem ser a causa para que o celular demore muito ou nem mesmo carregue. O cabo pode ter algum fio solto ou o adaptador pode estar com dificuldades para transmitir a corrente de maneira efetiva.

Se seu smartphone só carrega quando está conectado a uma porta USB, é possível que o problema esteja com o adaptador de tomada. Se mesmo assim não funcionar, teste um novo cabo.

Ainda há a possibilidade de a tomada ou entrada USB estarem com problemas. Por isso, vale também tentar carregar o aparelho em outra fonte de energia elétrica.

Se decidir por substituir algum componente, o ideal é que use um substituto original da marca do aparelho ou de terceiros reconhecidos pela fabricante. Vale lembrar ainda que a recarga feita através da tomada é muito mais rápida do que via USB.

3. Limpe a porta de carregamento

Porta de carregamento de smartphone com cabo ao lado

Ao acompanharem seus donos o dia inteiro, os celulares tendem a ficar expostos a todo tipo de sujeira. Esses detritos podem se depositar na porta de carregamento e interferir na conexão do aparelho com a fonte de energia.

Pegue uma lanterna e ilumine a entrada para checar a presença de possíveis resíduos. Com o celular desligado, sopre a porta ou use uma lata de ar comprimido para fazer a limpeza.

O uso de ferramentas não é recomendado pelos sites de fabricantes, como a Samsung. A empresa explica que inserir qualquer objeto na porta de carregamento pode danificar a entrada.

4. Use um app assistente

Imagem de divulgação do app Ampere

Esta dica é válida apenas para usuários do Android. O app Ampere informa o quanto de corrente elétrica é consumida durante a carga do aparelho. Também indica o consumo enquanto o celular não está conectado a uma fonte de energia.

O recurso é ideal para quando o smartphone não indica que a carga está sendo realizada. Nesses casos, o que pode estar acontecendo é um erro de software, que pode ser resolvido reiniciando o aparelho ou atualizando o sistema operacional.

Se houver corrente, o app pode ser usado para descobrir a fonte mais efetiva para fazer a recarga.

5. Confira a temperatura

captura de tela do iPhone indicando superaquecimento
Reprodução/ Apple

É comum que celulares esquentem enquanto estão sendo carregados. Mas, se o aumento de temperatura for além do considerado normal, é possível que o carregamento seja interrompido.

Segundo a Apple, isso é feito para aumentar a vida útil da bateria. Nos smartphones da empresa, se isso acontecer, o software interrompe a recarga acima dos 80%. A mesma só será retomada quando a temperatura do aparelho volta ao normal.

Nos iPhones, o próprio sistema emite uma mensagem alertando sobre o superaquecimento. Já no Android, é possível checar a temperatura do aparelho também utilizando o app Ampere, indicado acima.

6. Carregue com o celular desligado

smartphones Android e iPhone carregando sobre uma mesa

Quem é daqueles que não consegue deixar o celular em paz nem mesmo enquanto carrega, talvez seja uma boa ideia mantê-lo desligado durante o processo. Checar o Instagram, jogar e trocar mensagens, pode prolongar o tempo de recarga.

A tela ligada consome bastante energia do dispositivo. Principalmente quando o usuário toca sobre ela constantemente, como ocorre quando acessa redes sociais, joga ou bate papo.

7. Atualize o sistema operacional

mulher de blusa social sentada no chão mexe no celular

Um erro no software que reconhece o cabo de carga pode ser o responsável por problemas no carregamento do celular. Portanto, caso haja alguma atualização do sistema operacional disponível, é recomendável que o faça.

Além de novidades, as atualizações costumam trazer correções para possíveis erros.

  • Android: Configurar → Sistema → Avançado → Atualização do sistema → Verificar atualizações.

É possível conferir esse passo a passo detalhadamente em nosso guia Como atualizar o Android para a versão mais recente em 4 passos.

  • iPhone: Ajustes → Geral → Atualização de Software → Transferir e Instalar → Instalar.

A Apple recomenda que o aparelho esteja conectado à tomada e ligado à rede Wi-Fi para realizar o procedimento.

8. Restaure as configurações de fábrica

smartphone em cima de mesa de madeira com tela ligada e texto Hello

Resetar o smartphone permite zerar o dispositivo, redefinindo as configurações de fábrica. Isso significa que todos os dados, apps e configurações incluídos após a compra serão excluídos do aparelho.

Portanto, caso o problema esteja ocorrendo devido a algum software instalado, deverá ser resolvido. Antes de efetuar o processo, é altamente recomendável fazer o backup de seus dados e arquivos. Caso contrário, perderá tudo.

O AppGeek conta com guias sobre como restaurar as configurações de fábrica do Android e do iPhone.

9. Troque a bateria

traseira de smartphone com a bateria à mostra

Se for dono de um modelo de celular mais antigo e nenhuma das dicas acima funcionar, trocar a bateria pode ser a solução. Parece óbvio, mas, dependendo do aparelho, a troca pode ser bem mais econômica do que comprar um aparelho.

AppGeek recomenda:

Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista formada pela UFRJ, escreve sobre tecnologia há sete anos. Carioca, atualmente, vive em Portugal, país que adotou. No tempo livre, gosta de ir à praia, ler, ver filmes e fazer maratonas de séries. O Instagram é sua rede social favorita, mas é o WhatsApp quem a salva das saudades de quem ficou no Brasil.