Saiba tudo sobre como criar um blog e fazer sucesso na internet


Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista

Criar um blog pode ser uma ótima solução para divulgar uma empresa ou conteúdos pessoais na internet. No entanto, iniciar a sua própria página pode não ser tão simples, a começar pela quantidade de plataformas de hospedagem disponíveis.

A seguir, o AppGeek lista as melhores ferramentas para a publicação de conteúdos e explica como criar seu blog desde o princípio. Ensinamos também a personalizar a página, deixando-a com a sua cara, e também como produzir o melhor conteúdo. Confira!

Principais plataformas de hospedagem

O primeiro passo para criar um blog é escolher em qual plataforma irá hospedar seus conteúdos. É algo como decidir se prefere postar seus vídeos no YouTube ou Vímeo, por exemplo. Veja as características das principais plataformas e escolha aquela que melhor se adequa às suas necessidades.

Wordpress

De acordo com a empresa, a plataforma de publicação é usada por 30% dos sites da internet. A ferramenta permite desde a criação de blogs comuns até páginas complexas, inclusive, com opção de e-commerce.

Como criar blog

O editor de texto salva automaticamente o conteúdo, ou seja, não há risco de perdê-lo caso o computador desligue inesperadamente. Também permite a publicação de áudio, vídeo, fotos ou mesmo galerias de imagem.

Os usuários têm à disposição dezenas de designs diferentes. Todos são responsivos, ou seja, são compatíveis com diferentes tamanhos de tela, do PC ao celular.

O serviço conta com um plano gratuito, que é o mais simples e sem a possibilidade de personalização da URL. Mas também é possível assinar um dos pacotes pagos, de acordo com a sua necessidade.

São eles: blogger (uso do domínio .blog), pessoal e premium (para sites profissionais). Há ainda as opções negócio (com design profissional e Google Analytics) e e-commerce.

Blogger

Blogger é a ferramenta de publicação de conteúdo gratuita do Google, muito conhecida devido ao domínio .blogspot. O serviço também oferece uma grande variedade de layouts personalizáveis, todos com design responsivo.

Como criar blog

O serviço oferece também a possibilidade de conhecer melhor a sua audiência através da integração com a ferramenta de estatísticas Google Trends. Assim como o Wordpress, permite publicar diferentes tipos de arquivos, como fotos e vídeos.

Caso queira dar um ar mais profissional à página, é possível remover .blogspot do domínio. Para isso, é necessário pagar um valor anual. Se a empresa notar que seu conteúdo tem potencial, a empresa pode monetizá-lo através de anúncios segmentados do Google Adsense.

Wix

O Wix oferece um serviço de publicação de conteúdo bastante completo, seja para quem deseja criar um blog ou um site mais complexo. Um dos destaques é a opção de personalizar praticamente o que quiser no layout, sem precisar ter conhecimentos de design ou programação.

Segundo a companhia, estão disponíveis mais de 500 templates e 40 opções de galerias de imagem. A ferramenta também permite criar um plano de fundo de vídeo, de forma a deixar a página ainda mais a cara do proprietário.

Como criar blog

A plataforma também oferece suporte para a criação de e-commerce e não exige comissão pelos itens vendidos na loja. Assim como o Wordpress, o Wix tem uma versão gratuita, que conta com recursos mais simples e não oferece a possibilidade de remover o .wix do domínio.

Os valores dos planos pagos também variam de acordo com a necessidade do dono da página. O mais simples é o Connect Domain, que oferece 1GB de largura de banda e 500MB de armazenamento. Já o VIP, a opção mais completa, tem Largura de banda ilimitada e 20GB de armazenamento.

Como escolher uma plataforma

Como é possível notar, as plataformas de hospedagem de blogs oferecem recursos gratuitos bastante parecidos. A situação muda para quem quiser aderir a um dos planos pagos, afinal, cada pacote oferece condições e recursos diferentes.

Nesses casos, é necessário avaliar bem as propostas de cada um e entender qual melhor se adequa ao tipo de conteúdo que deseja publicar. Também é importante conferir a qual ferramenta de trabalho você se adapta melhor.

Como criar um blog

Para o nosso tutorial, optamos pelo Blogger, um dos serviços mais populares do gênero. Para usá-lo, é necessário ter uma conta de e-mail do Gmail. No entanto, isso não significa que as demais plataformas existentes no mercado não atendam às suas necessidades.

1. Acesse o site do Blogger e clique em Criar seu blog;

2. Na página seguinte, insira seu endereço de e-mail do Gmail e vá em Próxima;

3. Então, digite a senha e clique em Próxima novamente;

4. Primeiramente, você precisará escolher um nome para o seu blog, que é a maneira como ele será visto pelos leitores. Depois, vá em Continuar para o Blogger;

Como criar blog

5. Agora, clique na opção Criar novo blog;

6. Crie um título para o seu blog e defina qual será o endereço dele. Lembre-se que o domínio será meublog.blogspot.com. Caso o domínio esteja disponível, confirme suas escolhas em Criar um blog!;

Como criar blog

7. Na página seguinte, você já é direcionado para a ferramenta de edição de texto e layout do site.

Como personalizar seu blog

1. Para personalizar seu blog, acesse a página de edição do Blogger;

2. Clique então em Tema para escolher qual será o template usado em seu blog;

Como criar blog

3. Os temas são divididos em categorias e é possível clicar sobre cada um deles para visualizá-los em tamanho grande;

4. Caso goste de um deles, na visualização em tamanho grande, clique em Aplicar ao blog, na parte inferior à direita da tela;

5. No topo da seção Tema, será exibido o template selecionado em formato para PC e mobile. Clique no botão Personalizar, situado logo abaixo;

6. No canto superior esquerdo da tela que abrir, vá em Plano de fundo;

Como criar blog

7. Clique na seta para baixo, ao lado de um retângulo, para ver outras opções de plano de fundo;

8. Quando aprovar alguma, vá em Concluído;

9. Novamente no menu lateral esquerdo, escolha a opção Avançado;

10. Você então poderá definir praticamente tudo em relação ao visual do blog. Desde as fontes e cores de cada seção até a largura das barras lateral e de conteúdo;

11. Para visualizar as suas escolhas na página, basta clicar sempre em Aplicar ao blog, no canto superior esquerdo.

Como configurar o layout do seu blog

Apesar de adotar um tema predefinido, o usuário pode editar diversos aspectos do template. Para isso, basta acessar a seção Layout da página de edição do blog. Assim, é possível excluir ou editar diversos aspectos do visual da página.

O cabeçalho pode ser substituído por um que esteja em seu computador ou então completamente deletado. Já no corpo da página, o usuário é capaz de escolher como (e se deseja) exibir as postagens em destaque, as mais visitadas e as regulares.

Também há a possibilidade de alterar o menu lateral, editando ou deletando cada um dos itens. Entre eles estão Quem sou eu, arquivo do blog, marcadores e link para denunciar abuso. Até mesmo o rodapé da página pode ser alterado.

Como criar um post no blog

Agora que já tem o blog criado e configurado de acordo com as suas preferências, é hora de fazer sua primeira publicação. Mais uma vez, basta acessar a página de edição do Blogger e, então clicar no botão Nova postagem, situado no canto superior esquerdo.

Como criar blog

Ao entrar no editor de texto, verá que se assemelha a qualquer outro que já tenha utilizado, como o Word ou o Google Docs. É possível escolher o tipo e tamanho da fonte, se o conteúdo é um texto normal ou título. Também há as opções de como colocar as letras em negrito, itálico, sublinhado ou tachado, entre outras.

Como criar blog

A ferramenta permite também a inclusão de imagens, vídeos e caracteres especiais, assim como a criação de hiperlinks para outras páginas. Outro recurso interessante é a ferramenta de correção ortográfica, representada pelas letra ABC.

Depois de criar seu post, com texto, fotos, vídeos e o que achar melhor, não esqueça de incluir um título à publicação.

Veja que, ao lado direito, há um menu com diversas opções. Em Marcadores, o usuário consegue adicionar tags, que facilitam a busca desse conteúdo por tema. Já em Programar, o usuário consegue definir uma hora e data para realizar a publicação futuramente.

Como criar blog

Em Link permanente, é definido o endereço da URL daquela publicação específica. Já o item Local permite incluir uma localização ao post, o que é interessante caso acompanhe um evento ou faça um viagem.

Por fim, em Opções, é possível permitir ou não os comentários e escolher se deseja exibir o código fonte ou não. Para concluir todo o processo, clique em Publicar.

Como produzir conteúdo para o blog

Partimos do princípio de que, ao criar um blog, a pessoa já tenha em mente a temática de conteúdo a ser produzido e qual é o público-alvo. Portanto, a produção deve ser sempre pensada de acordo com esse planejamento inicial.

Palavras-chave

O que meu leitor, interessado nesse tema, vai gostar de ler? Pelo que ele busca nos serviços de pesquisa sobre o assunto? Ficar no “achismo” pode ser um tiro no escuro. O ideal é aproveitar uma série de ferramentas, muitas delas gratuitas, que podem fomentar ideias com base no que de fato as pessoas querem.

Para saber o que as pessoas procuram acerca de um tema, o Google Trends pode ser uma ótima opção. Ali, você encontra as palavras-chaves para a criação do texto, seu volume de pesquisa e assuntos relacionados que estão em alta.

Fique atento à concorrência

Outra dica é acompanhar o trabalho de sites que já tenham alguma visibilidade e abordem o mesmo tema. Eles podem ajudar a dar um norte ao seu trabalho e inspirá-lo. Mas atenção: inspiração é diferente de plágio.

Não apenas o conteúdo como também a estrutura de um artigo ou vídeo devem ser originais. Além disso, o Google costuma identificar textos duplicados e considerá-los como algo ruim. Desse modo, sua página provavelmente ficará mal posicionada no ranking caso cometa essa prática.

Mas, se por acaso, achar interessante ou fundamental copiar algum texto, peça autorização para publicá-lo em seu blog e nunca se esqueça de dar os devidos créditos ao autor.

Estude técnicas de SEO

SEO é a sigla para Search Engine Optimization, que em português significa Otimização de mecanismos de pesquisa. O termo se refere a um conjunto de boas práticas que podem ajudar seu blog a se posicionar bem nos resultados de pesquisa do Google.

Entre essas práticas, estão a aplicação da palavra-chave no título e no primeiro parágrafo do texto. A criação de links para publicações de seu blog e de sites parceiros para o seu também ajudam o Google a identificá-lo como confiável.

Caso queira se aprofundar no assunto, há uma série de cursos online gratuitos. Um deles, o Garanta que os clientes encontrem você online, é oferecido pelo próprio Google no Ateliê Digital.

Devo pagar por um domínio?

Os serviços de blogs disponíveis no mercado costumam oferecer opções gratuitas de hospedagem e domínio. No entanto, os endereços costumam conter o nome das empresas, como meublog.blogspot.com ou meublog.wix.com.br.

Apesar de econômico, isso pode passar uma imagem de amadorismo. Portanto, quem deseja ter uma página para uso profissional ou quer conquistar seguidores, o ideal é optar por pagar por um domínio sem vínculo aparente com a plataforma que o hospeda.

É um investimento que vale a pena. Afinal, essa será a sua marca na internet. Além disso, um endereço bem escolhido pode ajudar que a página se destaque nas pesquisas no Google.

O que significa largura de banda e armazenamento em um blog?

Alguns serviços de hospedagem definem seus pacotes pagos de acordo com critérios como largura de banda e armazenamento, entre outros fatores. Mas, afinal, o que isso significa em termos práticos?

De acordo com a página Tudo sobre hospedagem em site, o tráfego ou transferência significa a quantidade de dados trocados entre dois pontos da rede em um tempo predefinido. Podem ser os servidores do serviço de hospedagem e o computador do visitante, por exemplo.

Entra nessa conta todo a informação disponível no site, como textos, imagens, vídeos, galerias. A quantidade de páginas abertas por quem acessa seu blog também é contabilizada.

Porém, quanto mais mídia adicionada, mais largura de banda é necessária para que haja uma navegação mais fluida e sem travamentos. Mas o que seria largura de banda?

Ainda segundo a página Tudo sobre hospedagem em site, é a capacidade de transferência desses dados. Está diretamente ligada à velocidade de navegação. Essa capacidade é dividida entre as pessoas que entram em seu blog. Por isso, caso seja baixa e haja muitas visitas em simultâneo, o site deverá apresentar lentidão.

Por fim, o termo armazenamento diz respeito ao espaço disponível para que seu conteúdo seja carregado no site. Para evitar um grande consumo de largura de banda, o ideal é evitar hospedar arquivos grandes em sua página.

Vídeos, por exemplo, podem ser postados no YouTube e ter o link embedado em seu site, sem consumir espaço de armazenamento do blog.

Se você também investe em redes sociais para a divulgação do seu trabalho, descubra como converter conta pessoal em perfil comercial no Instagram. Confira ainda dicas para deixar os Stories muito mais atrativos para seus seguidores.

Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista formada pela UFRJ, já trabalhou com assessoria de imprensa, comunicação interna e há sete anos escreve sobre tecnologia - sua verdadeira paixão. Carioca, atualmente, vive em Portugal, país que adotou. No tempo livre, gosta de ir à praia, ler, ver filmes e fazer maratonas de séries. O Instagram é sua rede social favorita, mas é o WhatsApp quem a salva das saudades de quem ficou no Brasil.