Melhores celulares para comprar em 2021: do baratinho ao top de linha


Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista

O melhor celular é aquele que atende às necessidades do usuário. Seja para tirar boas fotos, jogar sem travamentos ou ter uma bateria que dure por dias. Se está à procura do smartphone ideal, nossa lista reúne os principais destaques de 2021 divididos por categorias. Veja também seus prós e contras antes de comprar.

Categorias:

Melhor celular top de linha: iPhone 13 Pro Max

iPhone 13 Pro Max nas 4 cores, de costas, exibindo as câmeras

Prós:
- Câmera poderosa;
- Modo de filmagem Cinema;
- Bateria duradoura;
- Tela com taxa de atualização de até 120 Hz;
- Processador potente;
- Resistente à água a até 6 m de profundidade.

Contras:
- Não acompanha carregador;
- Preço.

Lançado em setembro de 2021, o iPhone 13 Pro Max já chegou para ocupar o posto de melhor telefone top de linha do ano. O aparelho se destaca pelo conjunto poderoso de três câmeras de 12 MP, que, nessa versão, recebeu um sensor principal maior.

O modo de filmagem Cinema chega ao modelo, que cria um efeito de fundo desfocado em vídeos de qualidade de até 4K, dando ares profissionais à produção. A tela de OLED de 6.7 polegadas ganhou taxas de atualização de até 120 Hz, e a bateria potente é capaz de resistir por até 121 horas.

Também merece destaque o chipset A15 Bionic, considerado um dos mais poderosos do mercado, com clock de até 3.22 GHz. Assim como seu antecessor, oferece resistência a água em até 6 m de profundidade por até 30 minutos.

Ficha técnica:

Tela: Super Retina XDR OLED 6.7 polegadas (2778 x 1284 pixels) | 120 Hz
Cores: Grafite, dourado, prateado, azul-Sierra
Câmeras principais: 12 MP (ƒ/1.5) + 12 MP (ƒ/2.8) + 12 MP (ƒ/1.8)
Câmera frontal: 12 MP (ƒ/2.2)
Armazenamento: 128 GB, 256 GB, 512 GB e 1 TB
Processador: Apple A15 Bionic de 5 nm (hexa-core de até 3.22 GHz)
Memória: 6 GB de RAM
Bateria: Li-Ion 4352 mAh - compatível com carregamento sem fio
5G: Sim
Preço: A partir de R$ 11.199,00 na Amazon.com.br

Melhor celular top de linha Android: Samsung Galaxy S21 Ultra 5G

Samsung Galaxy S21 Ultra 5G preto frente e verso

Prós:
- Conjunto poderoso de quatro câmeras traseiras;
- Filma em qualidade 8K;
- Compatível com a caneta S Pen;
- Bateria de longa duração;
- Tela com taxa de atualização de até 120 Hz.

Contras:
- Não acompanha carregador.

O embate entre o Galaxy S21 Ultra e o iPhone 13 Pro Max é tão acirrado que se pode considerar quase que um empate técnico. O quarteto de câmeras traseiras é um dos carro-chefes do smartphone da Samsung e permite tirar fotos enquanto filma em qualidade de até 8K. A selfie fica por conta de uma lente de 40 MP.

A tela de 6.8 polegadas tem tecnologia AMOLED Dinâmico 2X, que garante cores mais realistas a uma taxa de atualização de 120 Hz. Outro ponto positivo do display é sua compatibilidade com a caneta S Pen. A bateria de longa duração, que aguenta até 114 horas, também merece destaque.

Ficha técnica:

Tela: Dynamic AMOLED 2X 6.8 polegadas (3200 x 1440 pixels) | 120 Hz
Cores: Preto e prata
Câmeras principais: 108 MP (f/1.8) + 10 MP (f/4.9) + 10 MP (f/2.4) + 12 MP (f/2.2)
Câmera frontal: 40 MP (ƒ/2.2)
Armazenamento: 128 GB, 256 GB e 512 GB
Memória: 12 GB de RAM
Processador: Exynos 2100 de 5 nm (octa-core de até 2,9 GHz)
Bateria: Li-Ion 5000 mAh - compatível com carregamento sem fio
5G: Sim
Preço: A partir de R$ 4.728,90 na Amazon.com.br

Celular com melhor custo-benefício: Xiaomi Poco X3 Pro

Xiaomi Poco X3 Pro cinza exibido de frente e de costas

Prós:
- Processador imbatível;
- Tela com taxa de atualização de 120 Hz;
- Bateria resistente.

Contras:
- Não tem tecnologia 5G;
- Câmera decepciona em ambientes de pouca luz.

Quer um bom celular sem precisar zerar as suas economias? Então o Poco X3 Pro, da Xiaomi, pode ser o smartphone certo para você. Apesar do preço, é equipado com o processador octa-core Snapdragon 860 (7 nm), que garante uma performance invejável para um aparelho intermediário.

É possível jogar sem enfrentar travamentos inconvenientes. Assim como os top de linha, sua tela de LCD IPS de 6,67 polegadas conta com taxa de atualização de 120 Hz, garantindo rápida resposta aos toques. A bateria de Li-Po 5160 mAh, capaz de resistir por até 112 horas, é outro ponto positivo.

O Poco X3 Pro tem quatro câmeras traseiras, capazes de fazer vídeos em 4K. A selfie perfeita vem com a câmera frontal de 20 MP. Tudo por menos de R$ 2 mil.

Ficha técnica:

Tela: LCD IPS 6.67 polegadas (1080 x 2400 pixels) | 120 Hz
Cores: Preto, azul e bronze
Câmeras principais: 48 MP (f/1.8) + 8 MP (f/2.2) + 2 MP (f/2.4) + 2 MP (f/2.4)
Câmera frontal: 20 MP (f/2.2)
Armazenamento: 128 GB (expansível até 256 GB)
Memória: 6 GB ou 8 GB de RAM
Processador: Qualcomm Snapdragon 860 de 7 nm (octa-core de até 2,96 GHz)
Bateria: Li-Po 5160 mAh
5G: não
Preço: A partir de R$ 1.780,00 na Amazon.com.br

Melhor celular bom e barato: Moto G10

Moto G10 preto de frente e costas

Prós:
- Bateria de respeito;
- Espaço de armazenamento acima da média para a categoria;
- Câmera principal de 48 MP;
- Vídeos com boa qualidade.

Contras:
- Processador poderia ser melhor;
- Câmera frontal de baixa resolução;
- Fotos noturnas com baixa qualidade.

O Moto G10 é a melhor opção para quem não quer gastar mais de R$ 1200 mil em um celular. A capacidade de 64 GB de armazenamento com 4 GB RAM desse modelo básico da Motorola merece atenção, algo incomum para dispositivos na mesma faixa de preço.

A bateria é poderosa, capaz de resistir por até 152 horas. Outro ponto positivo fica por conta do sistema de câmeras com sensor de 48 MP. O resultado são boas fotos em ambientes de iluminados e vídeos com qualidade acima da média de outros celulares de sua categoria.

Ficha técnica:

Tela: LCD IPS 6.5 polegadas (1600 x 720 pixels)
Cores: Cinza aurora e branco floral
Câmeras principais: 48 MP (f/1.7) + 8 MP (f/2.2) + 2 MP (f/2.4) + 2 MP (f/2.4)
Câmera frontal: 8 MP (f/2.2)
Armazenamento: 64 GB (expansível a até 1 TB)
Memória: 4 GB de RAM
Processador: Qualcomm SM4250 Snapdragon 460 de 11 nm (octa-core de até 1,8 GHz)
Bateria: Li-Po 5000 mAh
5G: não
Preço: A partir de R$ 1.189,00 na Amazon.com.br

Celular com melhor câmera: iPhone 13 Pro Max

iPhone 13 pro max

Prós:
- Bom para fotos no interior e no exterior;
- Autofoco rápido e preciso;
- Zoom óptico de 3x;
- Bons resultados mesmo em ambientes com pouca luz;
- Ótima estabilização de vídeo;
- Efeito Cinema.

Contras:
- Preço;
- Câmera frontal não tem foco automático;
- Perda de profundidade em ambientes iluminados por trás.

O iPhone 13 Pro Max aparece novamente em nossa lista, dessa vez, no posto de smartphone com melhor câmera disponível no Brasil. O celular é o 4º do ranking do site independente DXOMARK, mundialmente reconhecido por seus testes de smartphones e outros dispositivos eletrônicos.

O sistema de câmeras é composto por um trio de lentes de 12 MP. A teleobjetiva oferece um zoom óptico de até 3 vezes e a ultra-angular traz um novo modo macro, que captura objetos próximos com detalhes. Já a grande-angular, aliada às outras duas lentes, garante fotos de qualidade mesmo em ambientes com pouca luz.

Não podemos deixar de fora o novo Efeito Cinema, que permite mudar o foco automática ou manualmente enquanto grava um vídeo. O sistema de autofoco rápido e preciso também merece elogios.

Celular com melhor bateria: Samsung Galaxy M51

Samsung Galaxy M51

Prós:
- Resiste a mais de 3 dias de uso;
- Aguenta mais de 30 horas de streaming de vídeo;
- Boa gestão do uso de energia;
- Processador poderoso;
- Bom conjunto de câmeras;
- Custo-benefício.

Contras:
- Recarga lenta;
- Bateria robusta deixa o celular grande e pesado.

O Samsung Galaxy M51 é um dos smartphones com a bateria mais poderosa do mercado brasileiro. Sua bateria potente de 7000 mAh, tem uma autonomia de até 152 horas.

O dispositivo aguenta 63 horas de streaming de música, 16 horas jogando direto e até 30 horas de streaming de vídeo. Some a esse gerenciamento de energia invejável uma tela Super AMOLED Plus de 6.7 polegadas e processador octa-core Snapdragon 730G.

A câmera principal é composta por 4 lentes com resolução máxima de 64 MP e a câmera de selfie por uma de 32 MP.

Ficha técnica:

Tela: Super AMOLED Plus 6.7 polegadas (2400 x 1080 pixels)
Cores: Preto e branco
Câmeras principais: 64 MP (f/1.8) + 12 MP (f/2.2) + 5 MP (f/2.4) + 5 MP (f/2.4)
Câmera frontal: 32 MP (f/2.0)
Armazenamento: 128 GB (expansível a até 512 GB)
Memória: 6 GB ou 8 GB de RAM
Processador: Qualcomm SDM730 Snapdragon 730G de 8 nm (octa-core de até 2,2 GHz)
Bateria: Li-Po 7000 mAh
5G: não
Preço: A partir de R$ 2.349,00 na Amazon.com.br

Melhor celular para jogar: Asus ROG Phone 5

Asus ROG Phone 5 de frente e de costas em fundo branco

Prós:
- Excelência na performance;
- Tela com taxa de atualização de 144 Hz;
- Controle por gestos e botões laterais;
- Som estéreo oferecido por 2 alto-falantes dedicados;
- Compatível com acessórios modulares;
- Duração da bateria.

Contras:
- Não é compatível com todos os acessórios dos antecessores;
- Não é resistente à água;
- Câmera decepciona em ambientes de pouca luminosidade.

Procura é um celular gamer para jogar games como Free Fire, League of Legends ou GTA? Criado especialmente para jogadores, o Asus ROG Phone 5 é o smartphone que oferece a melhor experiência gamer do momento.

Equipado com o poderoso processador de última geração Snapdragon 888 5G (5 nm), garante uma performance leve e sem travamentos. Adicione isso a um sistema de reconhecimento de até 10 gestos e botões ultrassônicos laterais.

A tela AMOLED de 6.68 polegadas tem taxa de atualização de 144 Hz, assegurando uma resposta ao toque extremamente rápida. Vale destacar ainda o sistema de som composto por dois alto-falantes dedicados, capaz de oferecer um som estéreo de qualidade.

Ficha técnica:

Tela: AMOLED HDR10+ de 6,78 polegadas (2448 x 1080 pixels) | 144Hz
Cores: Preto
Câmeras principais: 64 MP (f/1.8) + 13 MP (f/2.4) + 5 MP (f/2.0)
Câmera frontal: 24 MP (f/2.5)
Armazenamento: 128 GB ou 256 GB
Memória: 8 GB, 12 GB ou 16 GB de RAM
Processador: Qualcomm SM8350 Snapdragon 888 5G de 5 nm (octa-core de até 2,84 GHz)
Bateria: Li-Po 6000 mAh
5G: sim
Preço: A partir de R$ 5.999,00 na Amazon.com.br

Menção honrosa: Xiaomi Poco X3 Pro

Duas mãos seguram smartphone Poco X3 Pro que roda um jogo de corrida

O Xiaomi Poco X3 Pro é uma boa alternativa para quem quer jogar no celular, mas não está disposto a investir quase R$ 6 mil. O smartphone conta com um processador de última geração, o Snapdragon 860, que garante uma jogabilidade fluida e sem lags.

O dispositivo tem tecnologia de resfriamento a líquido, para evitar o superaquecimento enquanto joga, e alto-falantes duplos. A tela tem resposta rápida ao toque, graças à taxa de atualização de 120 Hz.

O aparelho tem ainda com bateria poderosa, capaz de suportar até 11 horas seguidas de jogos. Tudo isso por menos de R$ 1.800,00.

Celular com melhor tela: iPhone 13 Pro Max e Samsung Galaxy S21 Ultra

No quesito melhor tela, temos praticamente um empate técnico entre os maiores top de linha do mercado. O aparelho da Apple teve uma leve vantagem sobre o dispositivo da Samsung nos testes do site DXOMARK, com 99 pontos contra 91.

iPhone 13 Pro Max

iPhone 13 Pro Max de frente em um fundo branco

Prós:
- Cores fieis em fotos e vídeos;
- Resposta ao toque rápida e fluida;
- Boa legibilidade.

Contras:
- Modo de leitura padrão é muito escuro;
- O notch ainda é grande.

O display Super Retina XDR OLED de 6.7 polegadas é capaz de reproduzir as cores fielmente em fotos e vídeos em diferentes ângulos. Outro ponto positivo é a velocidade de resposta ao toque, graças à taxa de atualização de 120 Hz, que não compromete a usabilidade fluida da tela.

O aparelho também provou ter uma ótima leitura tanto em ambientes fechados quanto à luz do dia. No entanto, peca no modo noturno padrão, que é muito escuro e dificulta a legibilidade.

Samsung Galaxy S21 Ultra 5G

Samsung Galaxy S21 Ultra 5g em fundo preto

Prós:
- Ótima adaptação de brilho automática ao assistir vídeos;
- Cores fiéis em vídeos;
- Boa legibilidade;
- Compatível com S Pen.

Contras:
- Cores não são tão fieis nas fotos;
- Resposta ao toque menos precisa do que o esperado.

O carro-chefe da Samsung tem um display Dynamic AMOLED 2X de 6.8 polegadas, que se destaca pela adaptação de brilho automática suave e fidelidade às cores nos vídeos. Por isso, pode ser uma ótima opção para quem gosta de assistir a apps de streaming no smartphone.

O celular também garante boa legibilidade tanto em ambiente fechados quando à luz do dia. Infelizmente, a tela do aparelho pode pecar um pouco no tempo de resposta ao toque ao usar alguns apps, como ao dar zoom em fotos e ao tocar nas extremidades da tela em certos jogos.

Veja também:

Taysa Coelho
Taysa Coelho
Movida pela curiosidade, adora conhecer coisas novas e acredita que, por isso, se tornou jornalista. No tempo livre, gosta de ir à praia, ler, ver filmes e maratonar séries. Carioca formada pela UFRJ, atualmente vive em Portugal, país que adotou.