Descubra quem está usando o seu Wi-Fi e saiba como bloquear


Emerson Machado
Emerson Machado
Jornalista

Já se perguntou se alguém estava usando o seu Wi-Fi? Essa dúvida geralmente aparece quando tentamos assistir a um vídeo e ficamos irritados com a lentidão da internet. Por isso, o AppGeek resolveu fazer um tutorial para você descobrir se tem um espertinho roubando a sua conexão!

Apesar de os roteadores virem com parâmetros de segurança ativos, muitos hackers conseguem passar a utilizar sua internet sem permissão. Para saber se há alguém tirando proveito da conexão, siga nossas indicações:

Analise a sua conexão Wi-Fi

Primeiramente, você deve baixar um aplicativo para analisar sua conexão na internet. O AppGeek indica o Fing ou o Tether, para roteadores da TP-Link, ambos disponíveis para Android e iOS.

Com os aplicativos, você pode encontrar falhas de segurança e possíveis intrusos que podem estar utilizando a sua internet. Não se esqueça de que a rede a ser analisada deve ser a que você usa no smartphone. Tanto no Fing quanto no Tether, o procedimento é muito similar e de fácil entendimento.

1. Depois de instalar uma das nossas indicações, abra o app;

  • Você verá no menu inicial a rede conectada no celular.

2. Para ver os dispositivos conectados à sua rede, basta clicar no ícone de atualização;

  • Em seguida, surgirá uma lista com todos os aparelhos que utilizam a sua internet.

3. Para saber mais sobre um dispositivo, clique sobre ele;

  • Dá para saber os horários que a conexão é feita, entre outros pormenores. Além disso, você conseguirá identificar facilmente os dispositivos conectados à internet que pertencem a membros da família ou amigos.

Analisar Wi-Fi

No entanto, se você encontrar um aparelho estranho, que não lembra de ter liberado o acesso, possivelmente há outra pessoa usando o seu Wi-Fi. Mas não se preocupe! Explicamos abaixo como fazer para bloquear o impostor.

Bloquear terceiros usando o Wi-Fi

Caso tenha detectado um desconhecido usando a sua conexão Wi-Fi, é hora de bloqueá-lo. Assim, você neutraliza o roubo de internet de uma vez. Por isso, siga o passo a passo:

1. No celular, anote o endereço MAC do dispositivo desconhecido;

  • Basta abrir o Fing ou o Tether, clicar na conexão suspeita e guardar o “MAC Address”, composto por letras e números.

Analisar Wi-Fi e encontrar o endereço MAC

2. No computador, abra o navegador de internet e digite o IP do seu roteador;

3. Faça login;

  • Geralmente, para acessar as configurações do roteador, o nome de usuário e senha são “admin”, “password” ou “1234”. Se o administrador de rede alterou estes dados, será necessário entrar em contato com ele para seguir em frente.

4. Encontre as opções de segurança, em Configurações Avançadas;

5. Procure por opções de filtros e selecione Filtros de MAC (MAC Filters);

6. Digite o endereço MAC que você conseguiu com o Fing ou Tether;

7. Para acabar com o roubo de internet, clique na opção de Negar ou Bloquear;

8. Confirme.

Pronto! Caso tenha feito tudo corretamente, surgirá na tela uma lista com os endereços de MAC bloqueados por você. Se o que acabou de incluir estiver na seleção, significa que o dispositivo está bloqueado e não poderá mais continuar usando a sua internet.

Para liberar o acesso para um MAC específico, basta reverter a ação.

Cuidados com senhas de rede Wi-Fi

A internet está cheia de gente mal-intencionada, assim como no mundo real. Por isso, é importante levar em consideração algumas dicas de segurança para as suas senhas.

Proteger sua rede Wi-Fi não é um bônus apenas para que a sua internet não fique lenta, mas para informações confidenciais e hábitos virtuais que podem ser acessados por hackers, que agem na surdina para cometer crimes. Esteja atento!

Computador ao lado de celular iPhone e canivete

1. Crie senhas difíceis e grandes

Todo mundo sabe, mas vale a pena citar: evite senhas simples, com a sua data de nascimento ou de familiares. Não é muito seguro senhas com informações como o nome do seu animal de estimação ou de personagens queridos. Escolha algo relevante, mas que não seja fácil de descobrir.

Outra dica é relacionada com o tamanho da sua senha: procure uma que tenha entre 8 e 11 caracteres. Há vários softwares que procuram senhas e tentam as mais diversas combinações para se ter acesso à alguma rede. Por isso, uma senha grande dificulta o trabalho de hackers!

2. Use caracteres especiais

Não descarte os caracteres especiais, como @ ou #. Por ajudarem na complexidade da senha, é importante para quem não quer que sua internet acabe sendo roubada por intrusos. Além disso, essa dica é válida para tudo o que for fazer na internet e precise de login: inclua caracteres especiais nas suas senhas!

3. Verifique a segurança de páginas

Antes de fornecer sua senha a algum site, verifique se todos os parâmetros de segurança no seu dispositivo estão ativos, assim como um bom antivírus rodando. No navegador, dê prioridade a sites que contam com protocolo HTTPS, que garante segurança extra na navegação.

Sites suspeitos ou até mesmo piratas tiram proveito dos usuários que acabam, sem querer, fornecendo suas senhas na internet. Por isso, esteja sempre atento às páginas que visita!

Agora que já sabe como descobrir e bloquear intrusos usando a sua rede Wi-Fi, saiba como ver a senha do Wi-Fi salva no seu PC ou celular e conheça 5 apps para você descobrir senha de Wi-Fi em qualquer lugar! Mas se está querendo limitar a internet, descubra como bloquear sites no celular e controlar o acesso à internet.

Emerson Machado
Emerson Machado
Jornalista apaixonado por ciência e tecnologia. Já trabalhou produzindo conteúdos sobre a internet, inteligência artificial, carros autônomos, robótica, inovações sustentáveis e até computadores quânticos! Também adora cultura, viagens, sociedade, religião, entre vários assuntos. Sem falar nas nerdices quase óbvias: Marvel, Harry Potter, Star Trek, Game of Thrones, etc. e tal.