WhatsApp ou Telegram? Descubra qual app é o melhor e mais seguro


Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista

WhatsApp ou Telegram, qual é o melhor? Essa é a pergunta que muitas pessoas têm feito antes de decidir qual aplicativo de mensagens utilizar. Para resolver a questão, o AppGeek analisa e compara os principais recursos disponíveis em cada um deles.

O WhatsApp, atualmente, pertence ao Facebook e conta com 1,5 bilhão de usuários em todo o mundo, sendo 120 milhões deles brasileiros.

Já o Telegram é da empresa russa Telegram Messenger LLP e tem 200 milhões de usuários ativos diariamente.Ficou popular por aqui em 2015, após um bloqueio da justiça ao concorrente.

Plataformas disponíveis

Whatsapp ou telegram

O WhatsApp está disponível para smartphones Android, iOS e Windows Phone e conta também com uma versão web, que pode ser utilizada em qualquer navegador. Além disso, há uma edição para Windows 8 ou superior e outra para Mac OS X 10.9 ou posterior.

Confira como usar o WhatsApp Web e WhatsApp Desktop no PC ou Mac.

O Telegram pode ser usado em dispositivos móveis (não precisam ter linha telefônica) Android, iOS e Windows Phone. Para desktop, sai à frente por oferecer software compatível com Windows, Mac OS X e Linux, além da versão web, para navegadores.

A principal diferença entre os dois está no fato de o WhatsApp exigir ter o app instalado em um celular com número ativo. Ou seja, o smartphone precisa estar ligado e conectado à internet mesmo que seja para usar a variante para computador.

Já as versões do Telegram funcionam de forma independente, porém, integradas. Isso ocorre porque o arquivo das conversas é armazenado na nuvem e é acessível de qualquer aparelho.

Formas de adicionar contatos

Para adicionar uma pessoa no WhatsApp é necessário, obrigatoriamente, ter seu número de telefone registrado no serviço. Já no Telegram, é possível encontrar um contato pelo número do celular ou através de um nome de usuário.

Isso significa que não é necessário informar o seu telefone a alguém que não deseja. Basta que a pessoa procure por seu nome de usuário, criado nas configurações do app, na barra de pesquisas do programa.

Ferramentas de comunicação

Além das tradicionais conversas por mensagens de texto entre duas pessoas, as aplicações oferecem recursos com outros modos de comunicação. Entre eles estão os grupos com diversos usuários e o bate-papo por voz e vídeo.

Grupos

Os dois mensageiros permitem criar grupos de bate-papo, nos quais são compartilhados mensagens e arquivos. No WhatsApp cada “sala” pode ter até 256 pessoas, enquanto no Telegram, esse limite é de 200 mil usuários.

É provável que a equipe do WhatsApp considere esse limite por questões de segurança. Muito popular, o programa tem sido usado como ferramenta de distribuição de notícias falsas e aplicações de golpes. Portanto, quanto maiores os grupos, mais pessoas podem ser afetadas por essas práticas ruins.

Para evitar a replicação desse tipo de conteúdo, o mensageiro também limitou a cinco o número de conversas (contatos ou grupos) para o compartilhamento simultâneo de qualquer item. Anteriormente não havia restrições. No Telegram, só é possível encaminhar algo para uma conversa por vez.

Canais

Telegram ou whatsapp

Os canais são uma funcionalidade presente somente no Telegram e funcionam como uma espécie de grupo unidirecional. Somente os administradores têm autorização para publicar conteúdos e os demais atuam como meros espectadores.

Esses canais podem ter um número infinito de membros. O recurso é bastante popular para fãs de temas específicos, como times esportivos, séries ou mangás, que encontram em um só lugar informações sobre o assunto.

Ligações

Whatsapp ou telegram

No quesito ligações, o WhatsApp se destaca diante do rival. O app permite não só fazer chamadas de voz e de vídeo, como falar com até 4 membros de um mesmo grupo de uma só vez.

O Telegram, em contrapartida, oferece apenas a opção de ligação por voz com uma pessoa por vez.

Bots

Os bots são contas criadas por desenvolvedores terceiros através da API de Bots do Telegram. Ou seja, de um modo geral, não são criados pelo app, mas por empresas ou interessados por tecnologia.

Esses robôs são programas que respondem aos usuários de forma automática sobre temas variados. O @calcuBot, por exemplo, permite fazer cálculos matemáticos dentro do próprio mensageiro. Há também o @gmailBot,oficial do Gmail, que possibilita ver e responder novos emails sem sair do Telegram.

Outras dicas de bots interessantes são o @gif, para buscar por gifs animados e o @newfileconverterbot, que converte diferentes tipos de arquivos. Há também o @transcriber_bot, que transcreve áudios em texto.

Como não há uma loja oficial de bots do Telegram, os usuários podem encontrar por novos através da barra de pesquisa do app. O mensageiro também sugere que os usuários peguem dicas através de amigos e buscas na internet.

Compartilhamento de arquivos

Tanto WhatsApp quanto Telegram garantem o compartilhamento com outros usuários e grupos de arquivos de fotos, vídeos ou mensagens de voz, documentos, contatos e localização.

A principal diferença está no tamanho máximo permitido por cada aplicativo. No WhatsApp, só é possível enviar arquivos de mídia de até 16MB e documentos de até 100MB. Já no Telegram, o limite é de 1.5GB por arquivo.

Personalização

Telegram ou WhatsApp

No que diz respeito à personalização, o Telegram oferece mais opções. É possível configurar o tamanho do texto das mensagens, alterar o tema de cores e optar pela visualização do chat em duas ou três linhas.

O usuário também é capaz de criar seus próprios temas com paleta de cores personalizada ou usar a barra de pesquisa para encontrar canais de temas com diversos papéis de parede.

Já o WhatsApp oferece algumas opções de papel de parede. Dentre elas estão o uso de uma cor sólida, de alguma imagem da galeria do celular e padrão. Também é permitido optar por nenhum ou selecionar algum da galeria de papel de paredes (mas, para isso, é necessário baixar um app à parte).

Segurança

A segurança costuma ser motivo de preocupação para usuários de mensageiros. Afinal, é comum serem trocadas mensagens e arquivos de teor privado que, muitas das vezes, devem ser mantidos em sigilo.

Criptografia

A criptografia é um termo recorrente no que diz respeito à segurança de conteúdos trocados pela internet. O WhatsApp oferece a criptografia de ponta a ponta, ou seja, somente os interlocutores da conversa são capazes de decifrar a mensagem.

Isso significa que quando sai de um aparelho, a mensagem vira uma espécie de código, passa pelo servidor do app e só é decifrado quando chega ao dispositivo do receptor. No entanto, se optar por fazer o backup das conversas do WhatsApp no Google Drive, o serviço do Google não oferece esse grau de proteção.

Já no Telegram, a criptografia só é realizada no modo usuário-servidor. Ou seja, no servidor, que fica na nuvem, o código pode ser decifrado. Mas, segundo o serviço, somente os participantes das conversas têm acesso ao conteúdo.

Quem desejar adicionar uma camada extra de proteção aos bate-papos no programa russo, pode ativar a opção Chat secreto, através das configurações. De acordo com a empresa, nesse modo, a criptografia é feita de ponta a ponta e o conteúdo não deixa rastros nos servidores.

Além disso, o usuário pode definir um timer para a autodestruição da conversa. Também não é permitido realizar captura de tela do chat nem encaminhar conteúdos trocados através dele. O único inconveniente é a necessidade de precisar ativar a função sempre que desejar uma comunicação mais discreta.

Autenticação de dois fatores

Os dois aplicativos oferecem a camada extra de segurança da autenticação de dois fatores. Isso significa que, o usuário precisará inserir um código enviado para ele por SMS e uma senha.

No Telegram, deverá ser criada uma senha adicional, que será solicitada sempre que entrar em um novo aparelho, juntamente com um código de segurança enviado por SMS. O acesso é feito pelo caminho Configurações → Privacidade e segurança → Verificação em duas etapas.

Já no WhatsApp, uma senha adicional, elaborada pelo usuário, será pedida toda vez que for feita a verificação do seu número de telefone. E, como de habitual, também será enviado um código de segurança via SMS. Para ativar o recurso, vá em Configurações → Conta → Confirmação em duas etapas → Ativar.

Bloqueio com senha

Telegram ou whatsapp

O Telegram oferece de forma nativa a proteção do app com senha. Nas configurações de privacidade e segurança, o usuário pode ativar a opção Senha de bloqueio. Então, basta definir o código de segurança de 4 dígitos.

Em seguida, é possível optar por bloquear a cada 1 minuto, 5 minutos, 1 hora, 5 horas ou desativado. Sempre que quiser, o usuário pode tocar sobre o ícone de um cadeado, no topo da tela inicial, para que o app seja bloqueado com senha no acesso seguinte.

O WhatsApp não oferece o recurso de forma nativa, mas é possível encontrar alguns apps na Play Store que adicionam a função ao programa.

Outras semelhanças e diferenças entre o Telegram e o WhatsApp

  • Versão business: O WhatsApp tem uma versão chamada WhatsApp for Business, voltada para empresas. Dentre os diferenciais estão a possibilidade de criar uma espécie de perfil comercial e selecionar respostas rápidas em um menu de frases predefinidas. Há ainda o envio de textos automáticos bem como a organização dos usuários através de etiquetas.
  • Formatação de texto e edição de mensagens: Enquanto no WhatsApp é possível formatar os textos enviados (colocar em negrito, sublinhado, itálico ou tachado), o Telegram permite editar um conteúdo já enviado. Ou seja, corrigir um erro de digitação ou alterar algo que se arrependeu de ter escrito.
  • Modo noturno: O modo noturno é uma das sensações do momento no que diz respeito aos aplicativos para celular e programas para computador. Por enquanto, o WhatsApp não conta com o recurso. Já no rival, os usuários podem optar por ativar o modo noturno automaticamente.

Aprenda a ativar o modo noturno do YouTube e deixar o fundo preto.

  • Privacidade: tem quem não goste de dar satisfações sobre quando usou o app pela última vez. Por isso, ambos os mensageiros deixam desativar a opção Visto pela última vez. O Telegram, no entanto, tem o diferencial de remover o item para usuários específicos. Ou seja, todos os demais vêem a informação, exceto aqueles escolhidos por você.

Agora que já viu as principais semelhanças e diferenças entre os dois mensageiros, consegue escolher o seu preferido?

Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista formada pela UFRJ, escreve sobre tecnologia há sete anos. Carioca, atualmente, vive em Portugal, país que adotou. No tempo livre, gosta de ir à praia, ler, ver filmes e fazer maratonas de séries. O Instagram é sua rede social favorita, mas é o WhatsApp quem a salva das saudades de quem ficou no Brasil.