Vale a pena assinar o YouTube Premium? Veja como testar de graça


Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista

O YouTube Premium é a versão paga da plataforma de hospedagem de vídeos do Google. Entre os benefícios em relação à edição gratuita estão a exibição de conteúdos sem anúncios, possibilidade de download para assistir offline e a reprodução em segundo plano no celular.

Além disso, o assinante também tem acesso aos serviços de streaming de música YouTube Music e Google Play Music sem custo adicional. Os usuários podem ainda ver todas as séries e vídeos originais da companhia, chamados de YouTube Originals.

Caso esteja interessado em conhecer as vantagens do YouTube Premium, é possível testar gratuitamente durante um mês antes de assinar. O serviço oferece ainda pacotes de desconto para estudantes e grupos familiares.

Como assinar o YouTube Premium

Antes de assinar o YouTube Premium, é possível fazer um teste gratuito de todos os serviços oferecidos durante um mês. Caso decida não cancelar o contrato, a assinatura é renovada. Só então o usuário passará a ser cobrado, através do meio de pagamento escolhido.

1. Acesse a página do YouTube Premium;

2. Clique no botão Teste Grátis;

YouTube Premium

3. Caso não esteja conectado à sua conta do Google, faça o login;

4. Para dar prosseguimento ao processo, informe seu CPF e data de nascimento. Siga em Confirmar;

5. Na tela seguinte, são solicitados dados sobre sua residência. Informe seu endereço, bairro, cidade, estado e CEP e confirme em Continuar;

6. Agora, deverá inserir os dados de seu cartão de crédito. Não se preocupe que nada será cobrado durante esse mês de teste. Note que a data de início de faturamento é apenas para o mês seguinte. Confirme em Comprar;

YouTube Premium

7. Você receberá uma mensagem de boas-vindas, o que significa que já poderá iniciar os testes do YouTube Premium.

Não se esqueça que, após um mês, o valor da assinatura será cobrado automaticamente na fatura do cartão de crédito. Por isso, o ideal é criar um lembrete em alguma data próxima à expiração do período gratuito.

Pacotes de desconto do YouTube Premium

Além da assinatura tradicional, o serviço oferece preços especiais para estudantes e aderentes do pacote familiar. O desconto para alunos se aplica para estudantes em tempo integral matriculados em uma instituição de ensino superior.

O local precisa ser reconhecido pelo serviço de verificação digital Sheed ID. Caso tenha interesse, é possível acessar o site e pesquisar pela sua universidade para ver se é aceita.

A ferramenta irá verificar se o número de matrícula informado é válido, para então aprovar ou não sua adesão ao plano de estudante. É possível ser assinante do pacote por até quatro anos, sendo necessário confirmar os dados anualmente.

Já o pacote familiar é um pouco mais caro que o individual, mas admite até cinco pessoas da mesma família. Os membros precisam ter, no mínimo, 13 anos e viver na mesma casa. De acordo com o Google, o endereço será confirmado através de check-in eletrônico a cada 30 dias.

Após a adesão, o titular precisa convidar os membros para o grupo familiar do Google e compartilhar a assinatura. Caso não faça parte de um grupo familiar, a companhia explica como proceder para criar o seu.

O que o YouTube Premium oferece?

O YouTube Premium oferece uma série de benefícios em relação à sua versão gratuita. Confira cada um deles a seguir:

Vídeos sem anúncios

O YouTube conta com uma enorme variedade de conteúdos produzidos pelos mais diferentes tipos de pessoas. Tanto a exibição quanto a hospedagem desses vídeos são feitas gratuitamente. Ou quase. Afinal, os anúncios exibidos no início, meio e fim dos filmes financiam o serviço.

Se o usuário optar pelo plano Premium, não terá mais que lidar com qualquer anunciante irritante. Isso significa assistir a vídeos sem publicidade no início ou meio e sem anúncios de banner, da rede de pesquisa e de sobreposição.

Download de vídeos para assistir offline

Assim como na rival Netflix, assinantes do plano pago do YouTube podem fazer o download de vídeos e playlists para assistirem offline, sem gastar seu pacote de dados móveis. O recomendado é realizar o procedimento utilizando uma rede Wi-Fi.

YouTube Premium

Para isso, basta ter o app do serviço logado à conta paga em um dispositivo móvel e tocar no ícone de download. Depois de baixado, o conteúdo fica armazenado na pasta Downloads, dentro da aba Biblioteca ou Conta do aplicativo.

Alguns recursos, como comentários e marcar como Gostei não estão disponíveis nos vídeos offline. O conteúdo permanecerá salvo, contanto que a conta seja acessada usando a internet de seu país de origem, ao menos, uma vez a cada 30 dias.

Reprodução de vídeos em segundo plano

Quem nunca precisou abrir uma mensagem do WhatsApp enquanto assistia a um vídeo no YouTube e teve que parar a exibição? Os assinantes do YouTube Premium não precisam sofrer com esse dilema.

O pacote pago permite que o filme continue rodando em segundo plano. Isso significa assistir ao conteúdo em miniatura, enquanto acessa outros apps no dispositivo móvel. O usuário pode, inclusive, mover a miniatura pela tela.

Outra vantagem de ser Premium está no fato de não ter a reprodução interrompida mesmo com o display do celular bloqueado. A imagem deixa de ser exibida, mas o áudio segue sendo executado.

YouTube Music Premium

O YouTube Music Premium é uma espécie de rival do Spotify. O serviço de streaming de música reúne milhões de canções e vídeos musicais sem anúncios. A plataforma tem uma versão web e app próprio para Android e iOS.

Assim como no serviço de vídeos, é possível fazer o download de conteúdos para ouvi-los e vê-los offline. O usuário também pode executar as faixas em segundo plano e optar por tocar somente a música sem carregar o vídeo nos clipes.

YouTube Originals

Os YouTube Originals são séries e filmes produzidos pelo YouTube e exibidos somente na plataforma. Os conteúdos estão disponíveis tanto na versão web quanto no app para dispositivos móveis.

YouTube Premium

O serviço fechou 2018 com mais de 65 produções próprias, com a promessa de novas 50 somente em 2019. Dentre os destaques estão as séries Cobra Kai, um spin-off do clássico Karatê Kid, e Origin, ficção científica dos mesmos criadores de Lost.

Há também documentários sobre artistas como a cantora Ariana Grande e o fenômeno do K-Pop BTS. A realidade é que, comparado a outros serviços do gênero, como a Netflix e Amazon Prime Video, o catálogo é ainda muito restrito e conta com poucos títulos em evidência.

YouTube Premium vale a pena?

Depende. Para quem assiste a muitos vídeos na plataforma e não aguenta mais ser interrompido pela publicidade constante, pagar para removê-las pode, sim, valer muito a pena.

Mesmo sem ver os anúncios, seus youtubers preferidos continuarão a ser beneficiados. De acordo com a empresa, o valor da assinatura é compartilhado com os produtores de conteúdo. E quanto mais vídeos assistir de um canal, mais dinheiro ele recebe.

A opção de visualizar os filmes em miniatura ou continuar a escutar uma entrevista mesmo com a tela do telefone desligada também é um ponto positivo. Poder baixar os conteúdos para assisti-los offline também é um grande atrativo.

YouTube Premium

Se além disso, quer ter acesso a um serviço de streaming de música sem pagar mais uma conta por isso, a assinatura pode valer a pena. O YouTube Music Premium não deixa nada a dever a outras plataformas do gênero, oferecendo um rico acervo de vídeos e canções.

No entanto, se seu principal foco são as séries e filmes originais, talvez seja melhor esperar mais um pouco. Por enquanto, o catálogo reúne títulos pouco expressivos e número pequeno de produções.

Como cancelar o YouTube Premium?

Se após o período de testes perceber que não quer seguir com a assinatura do serviço, basta encerrá-la. Para isso, acesse a página de gerenciamento de assinaturas e clique em Cancelar associação. Confirme sua escolha em Continuar com o cancelamento.

Veja também como ativar o modo noturno do YouTube e deixar o fundo preto. Confira ainda como acelerar e reduzir velocidade de vídeo no YouTube.

Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista formada pela UFRJ, escreve sobre tecnologia há sete anos. Carioca, atualmente, vive em Portugal, país que adotou. No tempo livre, gosta de ir à praia, ler, ver filmes e fazer maratonas de séries. O Instagram é sua rede social favorita, mas é o WhatsApp quem a salva das saudades de quem ficou no Brasil.