Ação bloqueada no Instagram: entenda por que acontece e o que fazer


Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista

Ação bloqueada. Após se deparar com uma mensagem com esse título, usuários do Instagram não conseguem mais curtir fotos, comentar ou seguir e excluir perfis. Quando alguém recebe esse alerta, é provável que esteja agindo de forma considerada suspeita pela política anti-spam da plataforma.

Se é o seu caso, entenda a seguir por que deve ter tido uma ação bloqueada e o que fazer para tentar resolver a situação.

Por que aparece a mensagem Ação Bloqueada no Instagram?

Não há uma explicação oficial por parte do Instagram do motivo pelo qual determinadas ações são bloqueadas. Na mensagem, a rede social se limita a informar que certas ações e conteúdos são limitados com o objetivo de proteger a comunidade.

O mais provável é que pessoas recebam o alerta de ação bloqueada pelos motivos que listamos a seguir.

1. Atingiu o limite de ações permitido pelo Instagram

letreiro iluminado com balão e coração que remetem ao Instagram

Quando dizemos ações, no referimos a comentários, curtidas, dar follow e unfollow etc. A plataforma não revela que limites são esses. Mas acredita-se que eles possam variar de conta para conta, de acordo com o tempo de existência e atividade na rede social.

No que diz respeito aos comentários, no entanto, o Instagram esclarece alguns pontos em sua Central de Ajuda. Só são permitidos cinco menções a outros usuários (@nomedeperfil) e 30 hashtags. Além disso, não é possível publicar exatamente o mesmo comentário várias vezes, mesmo que sejam emojis.

2. Usou apps para ganhar curtidas ou seguidores falsos

celular na mão com instagram aberto em um perfil de usuário

A Central de Ajuda do Instagram informa que pode limitar determinadas partes da conta daqueles que usarem aplicativos terceiros para obter mais seguidores. O serviço explica que esses apps não são afiliados nem têm o apoio da rede social.

Além de tentarem burlar as Diretrizes de Uso da plataforma, ao gerar atividades não autênticas, programas do gênero podem colocar os usuários em risco. Afinal, é necessário fornecer informações de login dá acesso à sua conta aos desenvolvedores. E com isso, informações pessoas suas e de seus amigos.

3. Mudou de conta pessoal para comercial muitas vezes seguidas

De acordo com a rede, mudar um perfil de pessoal para comercial muitas vezes seguida gera uma experiência ruim para outros usuários. Para evitar que isso ocorra, a plataforma tenta a impor alguns limites a contas que apresentam esse tipo de comportamento.

Isso inclui limitar número máximo de solicitações para seguir seu perfil que pode aprovar por dia. Se, por acaso, depois da repreensão, alterar mais uma vez a conta de pessoal para pública ou vice-versa, terá os pedidos para seguir pendentes removidos.

4. Publicou demais

Celular tirando foto de prato de salada

O Instagram acompanha o fluxo de publicações de cada usuário. Seus algoritmos conseguem identificar quando essa quantidade aumenta repentinamente. E, caso considerem alguma movimentação suspeita, que acredite ser spam ou gerada por robôs, pode bloquear ações de um perfil.

Portanto, o ideal, é não publicar muitas fotos ou vídeos em um curto intervalo de tempo em seu feed. Outra dica, dada pelo serviço de soluções de marketing digital Combin, é não postar o mesmo conteúdo e legenda em diferentes contas ao mesmo tempo.

5. Publicou de menos

Parece irônico, mas ser pouco ativo na rede social pode acabar reduzindo o limite de atividades por hora ou diárias permitidas pelo Instagram.

Como a plataforma rastreia suas ações, como publicações, curtidas e outras interações, poderá estranhar se houver um aumento repentino e excessivo delas.

6. Violou as regras do Instagram

Ilustração de um celular na tela do Instagram com uma foto com a carinha triste

De acordo com o Combin, quando um usuário viola as diretrizes do Instagram, diminuiu a quantidade de ações diárias permitidas. Além disso, o erro cometido em uma de suas contas pode afetar as demais, caso acesse todas pelo mesmo endereço de IP.

7. Enviou muitas mensagens diretas ou comentários

Se mandou DMs para muitas pessoas ou comentou diversos posts em um curto intervalo de tempo, é possível que o Instagram interprete como spam. Se o serviço não detectar a atividade, ainda assim, correrá o risco de ser denunciado por outros usuários.

Quanto tempo dura o bloqueio?

Mulher segurando um smartphone com computador na mesa e fundo desfocado

Não há um consenso entre especialistas em mídias sociais sobre quanto tempo dura o bloqueio de ação. Alguns dizem que dura entre duas e três horas, enquanto outros afirmam que pode ir de poucas horas até duas semanas, dependendo do caso.

Vale destacar que ter uma ação bloqueada é completamente diferente de ter a conta desativada pela plataforma. A segunda opção ocorre quando o usuário não segue as diretrizes ou os termos de uso da rede social e perde o acesso a ela.

Nesses casos, só é possível recuperar o acesso se achar que foi injustiçado e apelar por uma reavaliação. Para tal, deve inserir os dados de login e seguir as instruções dadas na tela com a mensagem de bloqueio.

O que fazer para desbloquear uma ação no Instagram

Para quem não quer esperar algumas horas ou dias para voltar a ter acesso, pode recorrer a alguns truques. No entanto, vale destacar que as dicas a seguir não garantem o retorno imediato do acesso.

1. Método oficial

Ao receber a mensagem de Ação Bloqueada, o usuário pode ter duas opções: clicar em OK ou em Relatar problema. A segunda é indicada para quem achar que a medida foi tomada injustamente. Se a opção não for exibida, há outra forma de entrar em contato com a rede social.

1. Abra o Instagram e toque sobre a sua imagem de perfil ou o ícone de um bonequinho, no canto inferior direito da tela;

Etapas de como relatar erro ao Instagram

2. Em seu perfil, toque sobre o ícone formado por três linhas, no canto superior direito;

3. No menu que abrir, opte por Configurações;

4. Em seguida, vá em Ajuda;

5. Então, opte por Relatar um problema;

6. Na janela que abrir, mais uma vez, vá em Relatar um problema;

7. Escreva sobre a sua situação e, se desejar, inclua um print que possa ajudar em sua justificativa. Ao concluir, toque em Enviar.

2. Exclua o aplicativo do Instagram

Uma alternativa que pode funcionar é excluir o app do Instagram. Dessa forma, limpa cache e outros dados coletados são excluídos. Assim, há chance de que o bloqueio temporário de ação desapareça junto com as informações quando o aplicativo for reinstalado.

3. Mude o endereço de IP

É possível que o Instagram esteja fazendo o bloqueio a seu endereço de IP e não necessariamente à sua conta. Uma forma de burlar isso é mudar a conexão do Wi-Fi para os dados móveis (4G/ 3G). Ou então, usar um aplicativo de VPN.

4. Desinstale apps terceiros

Smartphone Android cheio de ícones de aplicativos

Caso tenha instalado em seu celular algum app que prometa aumentar número de seguidores ou curtidas, delete-o. Ele pode ser o motivo do seu bloqueio.

5. Vincule sua conta do Instagram com a do Facebook

Essa é uma forma de mostrar à plataforma que você é um usuário real e não um robô usando o serviço. Para isso, basta ir às Configurações do app. Siga o caminho: imagem de perfil no canto inferir direito → ícone de três pontinhos canto superior direito → Configurações.

Então, vá em Contas → Contas vinculadas → Facebook. Se possível, vincule sua conta a de outras redes sociais, a fim de ampliar o nível de confiabilidade.

6. Acesse o Instagram de outro aparelho

Notebook com o navegador aberto no Facebook web

Mais uma alternativa é fazer o login no Instagram em outro celular, tablet ou mesmo pelo computador.

7. Espere

Infelizmente, se nenhum dos truques der certo, a recomendação é esperar. Isso significa realmente deixar sua conta inativa durante 48 horas, para provar que não é um robô.

Ao voltar, após esse período, é provável que tenha recuperado o acesso a todas as ações até então bloqueadas.

Como evitar ter uma ação bloqueada novamente

Algumas atitudes simples podem evitar que receba novamente o alerta de ação bloqueada. São elas:

  • Evite curtir, comentar, postar ou enviar mensagens diretas em excesso. Isso impede que o serviço ache que é um robô;
  • Não instale apps terceiros para ganhar seguidores ou curtidas;
  • Complete seus dados da Bio. É mais uma forma do sistema entender que é uma pessoa de verdade.

AppGeek recomenda:

Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista formada pela UFRJ, escreve sobre tecnologia há sete anos. Carioca, atualmente, vive em Portugal, país que adotou. No tempo livre, gosta de ir à praia, ler, ver filmes e fazer maratonas de séries. O Instagram é sua rede social favorita, mas é o WhatsApp quem a salva das saudades de quem ficou no Brasil.