12 melhores comandos para usar no Prompt de Comando (CMD) do Windows


Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista

O Prompt de Comando (CMD) do Windows é um programa que interpreta linhas de comandos. Esses comandos permitem automatizar tarefas, resolver problemas e realizar funções administrativas no sistema.

Para acessar o aplicativo, basta digitar cmd na caixa de pesquisas do Windows. Quando abrir, redija ou cole o comando ao lado da última linha exibida e aperte a tecla Enter.

Apesar de ser voltada para programadores e profissionais da tecnologia da informação, a ferramenta pode ser utilizada por usuários comuns. Para ajudar, listamos a seguir os 12 comandos mais úteis com explicação de cada um dos recursos. Confira!

1. Descobrir o programa certo para abrir um arquivo

  • Comando: Assoc

Comando Assoc lista os programas usados para abrir determinadas extensões de arquivos

Os arquivos no Windows são salvos em determinados formatos, que, em geral, são atribuídos a programas específicos. Por exemplo, um arquivo .doc, por padrão, será aberto no Word, assim como um .txt pode ser lido no bloco de notas.

O comando Assoc exibe uma lista na qual atribui as extensões aos programas associados por padrão.

2. Esconder pasta

  • Comando: attrib +s +h “endereço da pasta”

Como ocultar pastas com o comando Attrib

O comando acima permite esconder uma pasta que não deseja que ninguém veja. No caso, deverá substituir o termo endereço da pasta pelo endereço exibido na barra, indicado na imagem abaixo.

Caso não apareça neste formato de endereço, dê um duplo clique na barra. Em nosso exemplo, o comando ficou attrib +s +h "C:\Users\taysa\OneDrive\Desktop\AppGeek". Se o comando for executado corretamente, não será gerada qualquer mensagem no Promtp (o que ocorre no caso de erros).

Barra de endereços da pasta no Windows

Para exibir a pasta novamente, deverá inserir o comando attrib -s -h “endereço da pasta”. Então, em nosso caso, seria, attrib -s -h "C:\Users\taysa\OneDrive\Desktop\AppGeek".

3. Excluir de vez arquivos de uma unidade

  • Comando: Cipher

Comando Cipher permite excluir itens de vez do PC

Ao excluir um documento ou arquivo do computador, mesmo que o apague da lixeira, ele permanecerá no HD. Apesar de o sistema impedir o acesso e informar que o espaço foi liberado, o item só será apagado de vez quando for substituído por novos dados. O que pode levar um tempo para acontecer.

O comando Cipher limpa itens deletados de pastas ao gravar dados aleatórios sobre eles. Isso impede que sejam recuperados mesmo que se use um app especializado.

Se quiser aplicar o comando a um diretório específico basta complementá-lo com / w: seguido do nome da pasta (sem espaço). No caso da Unidade C, por exemplo, ficaria cipher /w:c.

4. Pesquisar por erros (e corrigi-los)

  • Comando: CHKDSK /f

Comando CHKDSK confere e corrige possíveis erros no disco

O comando CHKDSK /f confere se há erros em determinado diretório os corrige automaticamente, quando possível. A ação checa a fragmentação de arquivos, problemas de disco e defeitos em repartições. Para checar o disco C, por exemplo, usaremos o comando: CHKDSK /f C.

Para que a varredura seja feita, o arquivo não pode estar em uso. Nesses casos, é possível agendar a verificação para quando o PC for reiniciado. Se receber a mensagem exibida na imagem acima, basta digitar S e apertar a tecla Enter para confirmar.

Se, por acaso, receber a mensagem de que não tem privilégios para realizar a operação, deve abrir o Prompt de comando como administrador. Para isso, buque por cmd na barra de pesquisas e clique com o botão direito sobre o resultado. No menu que surgir, vá em Executar como administrador.

5. Listar todos os drivers instalados em sua máquina

  • Comando: driverquery

Comando driverquery lista todos os drivers instalados no computador

Ao usar comando driverquery, o Prompt de comandos listará todos os drivers instalados em seu PC. Os drivers são programas que permitem a comunicação entre um hardware específico e o sistema operacional e devem estar sempre atualizados.

6. Descobrir e atualizar IP

  • Comando: ipconfig

comando ipconfig permite ver as informaçóes sobre a rede

O comando ipconfig exibe o endereço de IP, entre outros dados de rede. Um desdobramento do comando permite ainda alterar o endereço de IP. Para isso, deve digitar o ipconfig / release e apertar Enter, para liberar o atual e, depois, inserir ipconfig / renew.

Também é possível limpar o cache do DNS ao usar o comando ipconfig / flushdns. Esses recursos combinados podem, muitas vezes, resolver problemas de lentidão ou dificuldades de conexão com a internet.

7. Descobrir um IP associado a um domínio

  • Comando: nslookup

comando nslookup permite descobrir o endereço de IP associado a um site

O comando nslookup permite descobrir o IP associado ao endereço de um site. Se inserir nslookup www.nasa.gov, verá qual é o endereço de IP atribuído ao servidor do site da NASA, por exemplo. O oposto também é possível. Ao redigir um endereço de IP consegue descobrir a que site se refere.

8. Testar o Ping

  • Comando: ping

Comando ping permite checar o tempo de resposta

O ping, também conhecido como latência bidirecional, é o tempo de reação da internet. Corresponde à medida de tempo, em milissegundos, para que um pacote de dados saia do aparelho, chegue ao destino e volte ao dispositivo de origem.

O comando ping, seguido de uma URL ou endereço de IP, informa o tempo leva para que o pacote de dados saia de seu PC para chegar ao site desejado e voltar. Vale lembrar que quanto menor esse intervalo, melhor. Exemplo de aplicação: ping www.appgeek.com.br.

9. Gerir a energia do PC

  • Comando: Powercfg

Comando Powercfg permite conferir a gestão de energia do PC e da bateria

O comando Powercfg, associado a outra instrução, pode oferecer uma série de opções relacionadas à gestão de energia. Nesse caso, também é necessário executar o Prompt de comando como administrador.

  • Powercfg /energy: faz uma análise durante 60 segundo em busca de problemas de eficiência energética e consumo de bateria. O resultado é salvo no computador em um arquivo .html, indicado ao final da verificação.
  • Powercfg /batteryreport: gera um relatório sobre o uso da bateria, com informações sobre o tempo e duração dos ciclos de carga e descarga e vida útil média da bateria. O resultado também é salvo como um arquivo .html.
  • Powercfg /lastwake: indica o que despertou o sistema da última vez em que foi colocado em estado de hibernação. Pode ser útil para casos em que o PC desperta sozinho, gastando energia desnecessária.
  • powercfg hibernate on/ powercfg hibernate off: ativa e desativa a opção de hibernação em notebooks. “Hibernar usa menos energia do que Suspender e, quando você reinicializa o computador, volta do ponto onde estava (mas não tão rapidamente quanto a suspensão)”, explica a Microsoft.

10. Desligar ou reiniciar o PC

  • Comando: Shutdown

Comando shutdown permite desligar e reiniciar o PC

O comando Shutdown permite desligar o computador através do Prompt de comando. Assim como o anterior, combinado a algumas orientações, pode encerrar e até reiniciar o sistema de formas diferentes. Também pode ser usado para programar um horário para que o PC desligue sozinho.

  • Shutdown /s: desliga o computador.
  • Shutdown /r: reinicia o computador.
  • Shutdown /l: faz logoff do usuário atual.
  • Shutdown /h: coloca o PC em estado de hibernação.
  • Shutdown /r /o: reinicia o computador nas Opções de inicialização avançadas, onde encontra recursos de recuperação do sistema.

11. Conferir a configuração do seu computador

  • Comando: systeminfo

Comando systeminfo disponibiliza as configuraçoes do sistema

Como ver as configurações do PC e saber as especificações completas

Quer saber informações sobre a versão do sistema operacional? Qual a placa de rede e processador que equipam a sua máquina? Ou então quanto de memória ainda tem disponível? O comando systeminfo reúne essas e diversas outras informações sobre o seu computador em um só lugar.

12. Verificar arquivos corrompidos

  • Comando: sfc /scannow

Comando sfc confere e repara arquivos corrompidos no Windows

O comando sfc /scannow faz uma varredura para descobrir e corrigir automaticamente arquivos corrompidos ou com erro. Esses problemas podem ocorrer pela ação de vírus ou por bug de algum software. Para isso, o sistema substitui a versão problemática dos arquivos por outra armazenada em cache.

Em média, o processo leva de 15 a 30 minutos para ser concluído. Para usar o comando, é preciso acessar o Prompt de comandos como administrador.

Dicas para usar o Prompt de Comando

A interface do Prompt de comando, assim como a linguagem utilizada podem não ser as mais amigáveis a usuários menos técnicos. Algumas dicas, no entanto, podem ajudar na utilização e no processo de familiarização com o app. Listamos algumas a seguir.

Abrir o Prompt de Comando em uma pasta específica

Como abrir o prompt de comando em uma pastau específica

O truque facilita, uma vez que os comandos executados serão voltados para a pasta na qual o Prompt foi aberto. Abra a pasta desejada e dê um duplo clique na barra de endereços. Apague o caminho, digite cmd e aperte a tecla Enter. Imediatamente, será aberto o Prompt com comandos específicos para aquela pasta.

Parar um comando em execução

Executou um comando e se arrependeu? Se for rápido, talvez consiga pará-lo. Basta apertar as teclas Ctrl + C ao mesmo tempo.

Ver o histórico de comandos

Ver histórico dos comandos no Prompt do Windows

Usou tantos comandos que nem lembra mais o que fez? É possível conferir o histórico das ações de forma simples. Basta apertar tecla F7 do teclado (em alguns casos, é preciso apertar a tecla fn para ativar a F7).

A janela à parte permite não apenas mover-se entre os comandos como executá-los ao apertar o Enter quando estiver selecionado.

Descobrir a função de um comando

Se estiver em dúvida sobre a função de determinado comando, basta inserir /? depois dele. Além da explicação, são exibidos exemplos de aplicações do comando quando conjugados com outros termos.

AppGeek recomenda:

Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista formada pela UFRJ, escreve sobre tecnologia há sete anos. Carioca, atualmente, vive em Portugal, país que adotou. No tempo livre, gosta de ir à praia, ler, ver filmes e fazer maratonas de séries. O Instagram é sua rede social favorita, mas é o WhatsApp quem a salva das saudades de quem ficou no Brasil.