7 melhores emuladores de Android para PC em 2021


Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista

Um emulador de Android para PC é um programa que simula o ambiente do celular no computador. Assim, é possível acessar apps e recursos do sistema móvel em aparelhos com Windows.

O recurso costuma ser buscado por aqueles que desejam jogar games para smartphones em uma tela maior e desenvolvedores de aplicativos. Há softwares leves, ideais para PCs fracos, e também alternativas robustas, voltadas a usuários mais exigentes.

A lista a seguir reúne as melhores opções para emular o Android no PC. Confira!

1. NoxPlayer

NoxPlayer

O NoxPlayer é um emulador pensado especialmente em quem quer jogar games para dispositivos móveis no PC. Por isso, oferece opções de comando de jogo através do teclado e o mouse, mesmo em títulos sem suporte a controles físicos.

O programa se destaca por ser leve, suportar múltiplas janelas ao mesmo tempo e permitir a gravação da tela. É considerado uma das opções mais amigáveis ao usuário e permite usar outros tipos de apps além dos jogos.

Um dos contras é que o programa baixa softwares não solicitados durante o processo de instalação.

  • NoxPlayer (grátis): Windows 10, 8 e 7

2. MEmu Play

Imagem de divulgação do emulador de Android MEmu Play

O MEmu Play é outra opção leve e fácil de usar. O emulador oferece mapeamento de teclado, associando teclas a movimentos específicos em certos jogos. Também permite abrir múltiplas telas de uma vez, fazer captura de vídeo da tela e simular a localização por GPS.

O programa é compatível qualquer versão do Android. Apesar de ser voltado para games, garante acesso a outros tipos de aplicativos.

  • MEmu Play (grátis): Windows 10, 8, 7 e XP

3. BlueStacks

Imagem de divulgação do emulador de Android para PC BlueStacks

O BlueStacks se destaca pela grande variedade de recursos disponível. Entre eles, o controle personalizado de jogos através do mouse e do teclado e comandos inteligentes, que compreendem a necessidade do usuário ao detectarem os movimentos da tela.

O programa também permite abrir várias janelas de uma só vez, o que significa rodar vários games ao mesmo tempo. Ou, se preferir, usar mais de uma conta em um mesmo jogo e jogar com todas simultaneamente. O software oferece ainda tradução de games em tempo real e a opção de gravação de tela.

Ter tantas funcionalidades, no entanto, tem seu preço: o programa é um dos mais pesados na lista e quem tem PC fraco deve passar longe.

  • BlueStacks (grátis, com opção de plano pago): Windows 10, 8 e 7

4. LDPlayer

Imagem de divulgação do emulador de Android para PC LDPlayer

O LDPlayer permite emular o Android, inclusive, em PCs mais fracos. O programa oferece controle de jogos pelo mouse e teclado, assim como opção de múltiplas telas em simultâneo.

Com o recurso de sincronização, o usuário consegue rodar um jogo em diferentes janelas ao mesmo tempo, em contas distintas. O programa também é uma dos melhores opções para emular apps como TikTok, Instagram e WhatsApp no PC.

  • LDPlayer (grátis): Windows 10, 8.1, 8, 7, XP

5. Gameloop

Imagem de divulgação do emulador de Android para PC Gameloop

O Gameloop pode ser o eleito por quem deseja jogar games FPS do Android no PC. Tanto que a Tencent, fabricante de títulos como Call of Duty Mobile e PUBG Mobile, o considera o emulador oficial para os seus jogos.

Por isso, oferece comandos através do teclado e do mouse e garante uma boa performance. Além disso, promete consumo 40% inferior da CPU em relação aos concorrentes, sendo uma boa pedida para PCs menos potentes.

Se está pensando em usar o software para fins de desenvolvimento e teste de apps, indicamos que considere outra opção.

  • Gameloop (grátis): Windows 10, 8 e 7

6. Genymotion

Imagem de divulgação do emulador Geymotion

O Genymotion é voltado para desenvolvedores e não é indicado para quem quer jogar no PC. O programa permite testar seus apps em um ambiente virtual seguro, além de emular centenas de dispositivos Android e diferentes versões do sistema.

Também oferece um widget de GPS, para aqueles que desejam experimentar aplicativos baseados em localização. É possível até mesmo simular erros de conexão e interrupções de uso por SMS ou chamadas. Além da captura em vídeo da tela, ainda permite gravar o conteúdo gerado pela webcam do computador.

  • Genymotion Desktop (pago): Windows 10, 8.1 e 8
  • Genymotion Cloud (pago): Web

7. Android Studio Emulator

Imagem de divulgação do emulador Android Studio Emulator

Desenvolvido pelo Google pensando em desenvolvedores de apps, o Android Studio Emulator permite simular praticamente todas as funções do sistema móvel através do computador. O programa disponibiliza diversos dispositivos e versões do Android.

O usuário consegue testar diversas situações, como receber chamadas e mensagens, e o uso do app em diferentes velocidades de internet. Além disso, pode verificar experiências como localização por GPS, rotação, entre outras.

O programa não é indicado para gamers ou usuários finais.

  • Android Studio Emulator (grátis): Windows 10, 8 e 7

Afinal, o que é um emulador?

Mão segura smartphone que tem na tela a mesma imagem  exibida no computador

Um emulador para Android é um programa que permite simular o ambiente do sistema operacional móvel em um computador. Assim, o usuário consegue ter acesso em tela grande a apps e funcionalidades que teria somente no celular.

Para que os recursos funcionem sem travamentos ou bugs, a maioria desses programas recorre à virtualização do software e do hardware. Portanto, antes de começar a emular, é necessário checar se seu PC está com a opção de virtualização habilitada.

Caso não esteja, será preciso ativá-la através da BIOS do Windows.

Como saber se a virtualização já está habilitada

Pressione ao mesmo tempo as teclas Ctrl + Shift + Esc para abrir o Gerenciador de Tarefas. Em seguida, clique na aba Desempenho. Mantenha a opção CPU selecionada e confira as informações no canto inferior direito da janela.

Onde encontrar se virtualização está habilitada ou não no Gerenciador de Tarefas do Windows

Em Virtualização é possível saber se o recurso está habilitado ou não. Caso não esteja, é necessário ativar a virtualização na BIOS, como explicamos a seguir.

Como ativar a virtualização na BIOS

BIOS é uma sigla em inglês para Sistema Básico de Entrada/Saída. O termo se refere ao programa responsável por inicializar e encerrar o hardware quando o sistema é ligado e desligado.

Para acessá-la, é preciso reiniciar o computador. Assim que o PC iniciar, pressionar a tecla Delete, F1 ou F2. Caso não consiga acessar a BIOS por esse método, é provável que seu PC use o software UEFI (Unified Extensible Firmware Interface).

Nesse caso, deve clicar sobre o ícone do Windows e ir em Ligar/ Desligar. Mantenha a tecla Shift pressionada e clique em Reiniciar. Em seguida, vá em Resolução de problemas → Configurações avançadas → Configurações de UEFI Firmware → Reiniciar.

A maneira de ativar a virtualização é basicamente o mesmo, independentemente de seu computador rodar a BIOS ou UEFI. Você deverá usar as setas do teclado para navegar e tecla Enter para selecionar a opção desejada.

Primeiramente, opte por Avançado, Configuração do sistema ou Segurança, dependendo da marca do computador. Depois, vá em Virtualização ou Tecnologia de virtualização e aperte Enter para ativar. Vá em Exit para sair e iniciar a máquina.

AppGeek recomenda:

Taysa Coelho
Taysa Coelho
Movida pela curiosidade, adora conhecer coisas novas e acredita que, por isso, se tornou jornalista. No tempo livre, gosta de ir à praia, ler, ver filmes e maratonar séries. Carioca formada pela UFRJ, atualmente vive em Portugal, país que adotou.