Veja como saber se seu Facebook foi hackeado e descubra o que fazer


Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista

É possível saber se seu Facebook foi hackeado a partir da análise de ações consideradas suspeitas. De acordo com a rede social, uma conta pode ter sido invadida se senha, e-mail, data de nascimento ou nome forem alterados sem o consentimento do usuário.

Também podem ser considerados sinais o envio de pedidos de amizade para desconhecidos, bem como mensagens e publicações que não foram feitas pela própria pessoa.

Em alguns casos, no entanto, os criminosos virtuais não deixam rastros e é mais difícil descobrir a vulnerabilidade. A plataforma, entretanto, oferece ferramentas que ajudam a descobrir se sua conta foi tomada por terceiros.

O AppGeek mostra todas elas e ainda ajuda a prevenir futuros ataques reforçando sua a segurança no Facebook. Confira a seguir.

Descubra onde foram feitos os últimos acessos à sua conta do Facebook

O Facebook tem um registro de onde e em quais aparelhos foram feitos os últimos acessos à sua conta na rede social.

1. Acesse a página de Segurança e Login do Facebook;

2. Caso não esteja logado, insira seu e-mail ou telefone e senha e clique em Entrar;

3. Em seguida, será exibida uma lista dos aparelhos, cidades e quando foram realizados os últimos acessos;

4. Caso não tenha feito algum deles, clique com o botão sobre o ícone de três pontinhos exibido ao lado de cada item da lista;

Como saber se o Facebook foi hackeado

5. Então, vá em Sair, para desvincular a sua conta do dispositivo desconhecido.

Altere a sua senha

Caso tenha encontrado um aparelho, data ou local desconhecidos entre os listados, a recomendação é que altere a sua senha de acesso imediatamente.

1. Acesse a página de Segurança e Login do Facebook;

2. Em Alterar Senha, vá no botão Editar;

3. Em seguida, digite a senha atual na primeira caixa de texto. Na seguinte, digite a nova senha. Confirme a senha nova na terceira caixa;

Como saber se o Facebook foi hackeado

4. Conclua o processo em Salvar alterações;

5. Uma janela surgirá na tela, perguntando se deseja desconectar sua conta em todos os outros aparelhos. Recomendamos fortemente que opte por Verificar os outros dispositivos e faça o logout nos aparelhos nos quais seu Facebook está conectado;

Como saber se o Facebook foi hackeado

6. Confirme em Continuar.

Como recuperar uma conta invadida do Facebook

Se não consegue mais sequer entrar no Facebook, é possível denunciar a invasão à rede social e recuperar o acesso à sua conta.

1. Acesse a página do Facebook para Denunciar uma conta comprometida;

2. Clique em Minha conta está comprometida;

3. Informe seu e-mail ou telefone e clique em Pesquisar para encontrar sua conta;

Como saber se o Facebook foi hackeado

4. Agora, informe a senha atual ou alguma senha recente e confirme em Continuar;

5. Siga o processo em Proteger minha conta;

6. Você receberá um código de segurança através do e-mail ou telefone utilizados para o login. Insira-o na caixa de texto e confirme em Continuar;

Como saber se o Facebook foi hackeado

7. Agora, é hora de criar uma nova senha. O Facebook recomenda que tenha, ao menos, seis caracteres, que incluam números, letras, pontuação e símbolos. Após digitar, vá em Continuar;

8. Em seguida, informe o motivo pelo qual acredita que sua conta foi invadida e depois vá em Continuar;

Como saber se o Facebook foi hackeado

9. Você será direcionado para a ferramenta de Verificação de Segurança do Facebook. Para seguir a checagem, clique em Começar;

10. Agora, vá em Continuar;

11. Apesar de ter acabado de criar uma nova senha, mais uma vez, a rede social pedirá que digite um novo código de acesso, que não use em qualquer outro serviço. Repita a senha na caixa abaixo e, depois, clique em Continuar;

12. Serão então exibidos os endereços de e-mail vinculados à conta. Caso não reconheça algum deles, clique sobre a caixinha ao lado e, em seguida, em Excluir. Caso esteja tudo ok, vá em Pular;

13. Então, serão mostrados aplicativos do Facebook que podem não ter sido adicionados por você. Caso não reconheça algum, marque a caixa correspondente e vá em Excluir. Caso reconheça todas, clique em Pular;

Como saber se o Facebook foi hackeado

14. Agora, é a vez de repetir o procedimento com pessoas que talvez não tenha adicionado. Caso reconheça todos, vá em Pular;

15. Em seguida, confira as publicações recentes. Caso não tenha feito alguma delas, marque a caixa ao lado e clique em Excluir. Se tiver tudo certo, vá em Pular;

16. Por fim, é a hora de excluir os comentários que talvez não tenha publicado ou pular, caso reconheça todos;

17. Conclua o processo em Ir para o Feed de Notícias.

Fui afetado pelas falhas de segurança recentes do Facebook?

Nos últimos meses, o Facebook se viu envolvido em polêmicas que envolviam a segurança de seus usuários. Entre eles, estavam a divulgação de dados pessoais não autorizados para desenvolvedores de aplicativos.

No caso mais recente, descoberto em setembro de 2018, a empresa confirmou o acesso de hackers a informações de quase 30 milhões de contas. Para resolver o problema, a companhia invalidou o token de acesso de 90 milhões de usuários que poderiam ter sido afetados.

O token de acesso é o que permite manter o Facebook sempre conectado no navegador. Portanto, quem teve a ferramenta desativada precisou apenas realizar o login novamente - sem a necessidade de criar uma nova senha, embora fosse recomendado.

Para descobrir se foi afetado pelas falhas de segurança recentes, a rede social disponibiliza a página Incidente de Segurança. Lá, é possível saber se foi afetado e quais informações podem ter sido acessadas pelos criminosos virtuais.

Como saber se o Facebook foi hackeado

O Facebook afirma que não sabe o que os invasores devem fazer com os dados obtidos no último ataque. No entanto, seus engenheiros acreditam que as informações coletadas possam ser usadas para a criação e disseminação de spams dentro e fora da rede social.

Como manter sua conta do Facebook em segurança

O Facebook dispõe de algumas ferramentas que têm como objetivo fazer com que seus usuários se sintam mais seguros. Entre elas estão a autenticação em dois fatores, receber alertas de logins não reconhecidos ou escolher um amigo de confiança para entrar em contato com a plataforma caso você perca o acesso.

Alertas para logins não reconhecidos

A opção está disponível na página de Segurança e Login, no item Seguranças Extras. É possível escolher receber notificações caso alguém realize o login em sua conta de um dispositivo ou navegador desconhecido.

Por isso, decida se quer receber o alerta através das notificações do Facebook, por mensagem no Messenger ou através do e-mail cadastrado. Para confirmar sua decisão, será necessário inserir sua senha de acesso.

Escolha amigos para desbloquear sua conta

Também disponível na seção Seguranças Extras da página de Segurança e Login do Facebook, o recurso permite escolher entre três e cinco amigos para pedir ajuda, caso não consiga acessar sua conta.

Para isso, vá ao botão Editar, ao lado da opção Escolher entre 3 e 5 amigos para contatar em caso de perda de acesso. Em seguida, clique em Escolher Amigos e confirme em Escolher contatos de segurança. Digite o nome de, no mínimo, três pessoas de confiança e confirme.

A partir de então, essas pessoas poderão salvá-lo de problemas com o login, ao enviar um código e a URL do Facebook.

Ative a autenticação de dois fatores

A autenticação de dois fatores adiciona uma camada de proteção extra à sua conta. Isso porque, para acessá-la, além do e-mail ou telefone e senha, é necessário também informar um código, gerado na hora e enviado via SMS ou app.

Para ativar a opção, o usuário precisa acessar a página de Segurança e login do Facebook e clicar no botão Editar, ao lado de Usar autenticação de dois fatores. Na página que abrir, inicie o processo em Começar.

Como saber se o Facebook foi hackeado

Agora, escolha se deseja que o código de segurança seja enviado por SMS ou gerado por app, como o Google Authenticator. Caso decida pela primeira opção, é necessário informar um número de telefone móvel e, em seguida, inserir o código enviado para o aparelho.

Caso opte pelo app, é necessário escanear, com o próprio aplicativo, um código QR que é exibido na tela. Então, basta inserir o código gerado pela aplicação para finalizar o processo.

A partir de então, toda vez que for feito o login em um aparelho ou localização desconhecidos, o Facebook solicitará a autenticação em dois fatores.

Se ainda assim, você não confia mais na segurança oferecida pela empresa, uma opção é excluir sua conta no Facebook definitivamente. Aprenda também a excluir o Instagram de vez, rede social de compartilhamento de imagens que pertence ao Facebook.

Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista formada pela UFRJ, escreve sobre tecnologia há sete anos. Carioca, atualmente, vive em Portugal, país que adotou. No tempo livre, gosta de ir à praia, ler, ver filmes e fazer maratonas de séries. O Instagram é sua rede social favorita, mas é o WhatsApp quem a salva das saudades de quem ficou no Brasil.