Veja como saber se seu Facebook foi hackeado e descubra o que fazer


Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista

É possível saber se seu Facebook foi hackeado a partir da análise de ações consideradas suspeitas. De acordo com a rede social, uma conta pode ter sido invadida se senha, e-mail, data de nascimento ou nome forem alterados sem o consentimento do usuário.

Também podem ser considerados sinais o envio de pedidos de amizade para desconhecidos, bem como mensagens e publicações que não foram feitas pela própria pessoa.

Em alguns casos, no entanto, os criminosos virtuais não deixam rastros e é mais difícil descobrir a vulnerabilidade. A plataforma, entretanto, oferece ferramentas que ajudam a descobrir se sua conta foi tomada por terceiros.

O AppGeek mostra todas elas e ainda ajuda a prevenir futuros ataques reforçando sua a segurança no Facebook. Confira a seguir.

Descubra onde foram feitos os últimos acessos à sua conta do Facebook

O Facebook tem um registro de onde e em quais aparelhos foram feitos os últimos acessos à sua conta na rede social.

1. Acesse a página de Segurança e Login do Facebook;

2. Caso não esteja logado, insira seu e-mail ou telefone e senha e clique em Entrar;

3. Em seguida, será exibida uma lista dos aparelhos, cidades e quando foram realizados os últimos acessos;

4. Caso não tenha feito algum deles, clique com o botão sobre o ícone de três pontinhos exibido ao lado de cada item da lista;

Como saber se o Facebook foi hackeado

5. Então, vá em Sair, para desvincular a sua conta do dispositivo desconhecido.

Altere a sua senha

Caso tenha encontrado um aparelho, data ou local desconhecidos entre os listados, a recomendação é que altere a sua senha de acesso imediatamente.

1. Acesse a página de Segurança e Login do Facebook;

2. Em Alterar Senha, vá no botão Editar;

3. Em seguida, digite a senha atual na primeira caixa de texto. Na seguinte, digite a nova senha. Confirme a senha nova na terceira caixa;

Como saber se o Facebook foi hackeado

4. Conclua o processo em Salvar alterações;

5. Uma janela surgirá na tela, perguntando se deseja desconectar sua conta em todos os outros aparelhos. Recomendamos fortemente que opte por Verificar os outros dispositivos e faça o logout nos aparelhos nos quais seu Facebook está conectado;

Como saber se o Facebook foi hackeado

6. Confirme em Continuar.

Como recuperar uma conta invadida do Facebook

Se não consegue mais sequer entrar no Facebook, é possível denunciar a invasão à rede social e recuperar o acesso à sua conta.

1. Acesse a página do Facebook para Denunciar uma conta comprometida;

2. Clique em Minha conta está comprometida;

3. Informe seu e-mail ou telefone e clique em Pesquisar para encontrar sua conta;

Como saber se o Facebook foi hackeado

4. Agora, informe a senha atual ou alguma senha recente e confirme em Continuar;

5. Siga o processo em Proteger minha conta;

6. Você receberá um código de segurança através do e-mail ou telefone utilizados para o login. Insira-o na caixa de texto e confirme em Continuar;

Como saber se o Facebook foi hackeado

7. Agora, é hora de criar uma nova senha. O Facebook recomenda que tenha, ao menos, seis caracteres, que incluam números, letras, pontuação e símbolos. Após digitar, vá em Continuar;

8. Em seguida, informe o motivo pelo qual acredita que sua conta foi invadida e depois vá em Continuar;

Como saber se o Facebook foi hackeado

9. Você será direcionado para a ferramenta de Verificação de Segurança do Facebook. Para seguir a checagem, clique em Começar;

10. Agora, vá em Continuar;

11. Apesar de ter acabado de criar uma nova senha, mais uma vez, a rede social pedirá que digite um novo código de acesso, que não use em qualquer outro serviço. Repita a senha na caixa abaixo e, depois, clique em Continuar;

12. Serão então exibidos os endereços de e-mail vinculados à conta. Caso não reconheça algum deles, clique sobre a caixinha ao lado e, em seguida, em Excluir. Caso esteja tudo ok, vá em Pular;

13. Então, serão mostrados aplicativos do Facebook que podem não ter sido adicionados por você. Caso não reconheça algum, marque a caixa correspondente e vá em Excluir. Caso reconheça todas, clique em Pular;

Como saber se o Facebook foi hackeado

14. Agora, é a vez de repetir o procedimento com pessoas que talvez não tenha adicionado. Caso reconheça todos, vá em Pular;

15. Em seguida, confira as publicações recentes. Caso não tenha feito alguma delas, marque a caixa ao lado e clique em Excluir. Se tiver tudo certo, vá em Pular;

16. Por fim, é a hora de excluir os comentários que talvez não tenha publicado ou pular, caso reconheça todos;

17. Conclua o processo em Ir para o Feed de Notícias.

Fui afetado pelas falhas de segurança recentes do Facebook?

Nos últimos meses, o Facebook se viu envolvido em polêmicas que envolviam a segurança de seus usuários. Entre eles, estavam a divulgação de dados pessoais não autorizados para desenvolvedores de aplicativos.

No caso mais recente, descoberto em setembro de 2018, a empresa confirmou o acesso de hackers a informações de quase 30 milhões de contas. Para resolver o problema, a companhia invalidou o token de acesso de 90 milhões de usuários que poderiam ter sido afetados.

O token de acesso é o que permite manter o Facebook sempre conectado no navegador. Portanto, quem teve a ferramenta desativada precisou apenas realizar o login novamente - sem a necessidade de criar uma nova senha, embora fosse recomendado.

Para descobrir se foi afetado pelas falhas de segurança recentes, a rede social disponibiliza a página Incidente de Segurança. Lá, é possível saber se foi afetado e quais informações podem ter sido acessadas pelos criminosos virtuais.

Como saber se o Facebook foi hackeado

O Facebook afirma que não sabe o que os invasores devem fazer com os dados obtidos no último ataque. No entanto, seus engenheiros acreditam que as informações coletadas possam ser usadas para a criação e disseminação de spams dentro e fora da rede social.

Como manter sua conta do Facebook em segurança

O Facebook dispõe de algumas ferramentas que têm como objetivo fazer com que seus usuários se sintam mais seguros. Entre elas estão a autenticação em dois fatores, receber alertas de logins não reconhecidos ou escolher um amigo de confiança para entrar em contato com a plataforma caso você perca o acesso.

Alertas para logins não reconhecidos

A opção está disponível na página de Segurança e Login, no item Seguranças Extras. É possível escolher receber notificações caso alguém realize o login em sua conta de um dispositivo ou navegador desconhecido.

Por isso, decida se quer receber o alerta através das notificações do Facebook, por mensagem no Messenger ou através do e-mail cadastrado. Para confirmar sua decisão, será necessário inserir sua senha de acesso.

Escolha amigos para desbloquear sua conta

Também disponível na seção Seguranças Extras da página de Segurança e Login do Facebook, o recurso permite escolher entre três e cinco amigos para pedir ajuda, caso não consiga acessar sua conta.

Para isso, vá ao botão Editar, ao lado da opção Escolher entre 3 e 5 amigos para contatar em caso de perda de acesso. Em seguida, clique em Escolher Amigos e confirme em Escolher contatos de segurança. Digite o nome de, no mínimo, três pessoas de confiança e confirme.

A partir de então, essas pessoas poderão salvá-lo de problemas com o login, ao enviar um código e a URL do Facebook.

Ative a autenticação de dois fatores

A autenticação de dois fatores adiciona uma camada de proteção extra à sua conta. Isso porque, para acessá-la, além do e-mail ou telefone e senha, é necessário também informar um código, gerado na hora e enviado via SMS ou app.

Para ativar a opção, o usuário precisa acessar a página de Segurança e login do Facebook e clicar no botão Editar, ao lado de Usar autenticação de dois fatores. Na página que abrir, inicie o processo em Começar.

Como saber se o Facebook foi hackeado

Agora, escolha se deseja que o código de segurança seja enviado por SMS ou gerado por app, como o Google Authenticator. Caso decida pela primeira opção, é necessário informar um número de telefone móvel e, em seguida, inserir o código enviado para o aparelho.

Caso opte pelo app, é necessário escanear, com o próprio aplicativo, um código QR que é exibido na tela. Então, basta inserir o código gerado pela aplicação para finalizar o processo.

A partir de então, toda vez que for feito o login em um aparelho ou localização desconhecidos, o Facebook solicitará a autenticação em dois fatores.

Se ainda assim, você não confia mais na segurança oferecida pela empresa, uma opção é excluir sua conta no Facebook definitivamente. Aprenda também a excluir o Instagram de vez, rede social de compartilhamento de imagens que pertence ao Facebook.

Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista formada pela UFRJ, já trabalhou com assessoria de imprensa, comunicação interna e há sete anos escreve sobre tecnologia - sua verdadeira paixão. Carioca, atualmente, vive em Portugal, país que adotou. No tempo livre, gosta de ir à praia, ler, ver filmes e fazer maratonas de séries. O Instagram é sua rede social favorita, mas é o WhatsApp quem a salva das saudades de quem ficou no Brasil.