8 apps para conversar com estrangeiros e fazer amigos do mundo todo


Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista

Os apps para conversar com estrangeiros permitem praticar idiomas, conhecer culturas e fazer amigos de diversos lugares do mundo. É praticamente uma experiência de intercâmbio de graça e sem sair de casa.

Reunimos 8 aplicativos para falar com nativos em inglês, francês, espanhol, italiano, entre outros idiomas. Há opções para enviar mensagens de texto, áudio ou vídeo. É só escolher o seu preferido e começar a bater papo.

HelloTalk

Conversar com estrangeiros com o app HelloTalk

O HelloTalk é uma opção completa para quem deseja aprender e praticar novas línguas. Com uma comunidade com nativos de mais de 150 idiomas, permite trocar mensagens por texto, áudio, vídeo e até desenhos.

O chat conta com ferramentas úteis para o aprendizado, como correção do texto e tradução. O aplicativo oferece ainda uma parte social, chamada Momentos, onde pode compartilhar e conferir publicações no idioma em que está estudando.

Há também opções de jogos de memorização de palavras, podcasts e conteúdos de leitura para ampliar o vocabulário.

  • HelloTalk (grátis, mas oferece compras no app): Android | iOS

Speaky

App de intercâmbio cultural Speaky

O Speaky se propõe a ajudar a encontrar o parceiro de intercâmbio online ideal para seus usuários. Além de conversar com pessoas nativas na língua que deseja estudar, consegue filtrar possíveis novos amigos de acordo com interesses em comum. Ao todo, são 110 idiomas disponíveis.

A ferramenta de troca de mensagens conta com um tradutor integrado, além de recurso para a correção do texto da outra pessoa. Assim, é possível aprender com os erros enquanto conversa. Se já forem amigos no aplicativo, podem optar por fazer chamadas de voz ou vídeo.

  • Speaky (grátis, mas oferece compras no app): Android | iOS

Ablo

App para fazer amizades com pessoas de todo mundo Ablo

O Ablo é um app social que proporciona novas amizades com pessoas do mundo todo. Após um breve cadastro, o aplicativo o coloca em contato, de forma aleatória, com alguém de algum canto do planeta. Se quiser escolher um continente, é preciso pagar.

Não se preocupe se não falarem o mesmo idioma, o serviço conta com tradução simultânea em tempo real. Se o objetivo for praticar a língua, basta desativar a opção. Conforme a conversa evolui, são liberados recursos de chamada de vídeo e compartilhamento de arquivos, como fotos e GIFs.

  • Ablo (grátis, mas oferece compras no app): Android | iOS

Tandem

Aplicativo de intercâmbio de idiomas Tandem

O Tandem promete a fluência em mais de 160 idiomas apenas com a ajuda de sua comunidade de usuários. O app combina pessoas que possam se ajudar mutuamente. Como, por exemplo, um brasileiro que quer aprender inglês com um americano que deseja melhorar seu português.

O chat conta com ferramenta de tradução e correção integradas, opção de envio de mensagens de voz e compartilhamento de arquivos. Também é possível fazer chamadas de vídeo.

Diferentemente de outros apps do gênero, o Tandem verifica a veracidade dos inscritos, para garantir uma comunidade saudável e sem perfis fakes. Pode levar até uma semana para que sua inscrição seja aprovada.

  • Tandem (grátis, mas oferece compras no app): Android | iOS

Lingbe

App de conversação por voz com nativos de diversos idiomas Lingbe

Com o Lingbe, é possível falar com pessoas de todo o mundo por chamadas de voz gratuitas. A ideia é que os usuários consigam praticar inglês, espanhol, francês ou italiano conversando de forma aleatória com nativos nesses idiomas.

Depois da ligação, pode informar se gostou do papo dando um like. Se for recíproco, os dois viram amigos e podem se falar sempre que quiserem, tanto por voz, como texto e videochamada.

É possível ainda participar de chats de áudio a e interagir com usuários em uma espécie de fórum. Ao ajudar outras pessoas, são recebidos lingos, moeda do app, que dão créditos para fazer as ligações telefônicas e compras no aplicativo.

  • Lingbe (grátis, mas oferece compras no app): Android | iOS

HiNative

App de perguntas e respostas para questionar estrangeiros

O HiNative tem uma proposta um pouco diferente daquelas que apareceram até agora em nossa lista. O aplicativo é espécie de fórum, em que se pode tirar e responder dúvidas tanto sobre o idioma quanto em relação à cultura e ao país dos participantes.

É possível perguntar sobre como se diz ou o que significa algo, pedir ajuda sobre a pronúncia, solicitar dicas de filmes e livros na língua, e o que mais quiser. Para ajudar, pode gravar áudio (apenas 10 segundos na versão gratuita) e incluir fotos.

  • HiNative (grátis, mas oferece compras no app): Android | iOS

Slowly

App Slowly permite trocar postais virtuais com pessoas de todo o mundo

Slowly, em inglês, significa lentamente, e o nome do app tem tudo a ver com o que ele propõe. A ideia é que pessoas ao redor do mundo se conheçam à moda antiga, a partir da troca de cartões postais virtuais. O tempo de envio depende da distância física entre remetente e emissor, podendo levar de horas a dois dias.

O aplicativo é dedicado àqueles que desejam trocar mensagens significativas e menos efêmeras. Não é preciso se identificar, bastando criar um nome de usuário e um avatar. Se a amizade fluir e, posteriormente quiserem se conhecer, cabe aos usuários tomarem essa decisão.

  • Slowly (grátis, mas oferece compras no app): Android | iOS

Bottled

Com app Bottled, usuários jogam garrafas ao mar com mensagens

Mais uma opção para quem gosta de formas de comunicação antigas. No Bottled, os usuários escrevem uma mensagem, colocam em uma garrafa e lançam ao mar. O texto chegará a apenas uma pessoa, que se gostar do que está escrito, poderá guardá-lo e iniciar uma conversa por chat.

Caso a garrafa não seja guardada, ela volta ao mar, em busca de alguém que se identifique com o conteúdo.

  • Bottled (grátis, mas oferece compras no app): Android | iOS

AppGeek recomenda:

Taysa Coelho
Taysa Coelho
Movida pela curiosidade, adora conhecer coisas novas e acredita que, por isso, se tornou jornalista. No tempo livre, gosta de ir à praia, ler, ver filmes e maratonar séries. Carioca formada pela UFRJ, atualmente vive em Portugal, país que adotou.